01/10/2006

25 Anos de história

Fonte: O Globo

Barra Shopping completa um quarto de século na memória de funcionários e moradores da região

DivulgaçãoZap o especialista em imóveis

Quando Mariana Ferraz nasceu, em 22 de setembro de 1981, o Barra Shopping estava na fase final da construção de seus primeiros 60 mil metros quadrados. Um mês depois, a médica Tereza Ferraz já levava sua pequena filha Mariana para o seu primeiro passeio naquele que se tornaria o maior shopping da América Latina. No dia em que completou 25 anos, a hoje advogada Mariana voltou, com a equipe do GLOBO-Barra, aos corredores do centro comercial em que passou tardes inteiras de sua infância e adolescência, para recordar, junto com a mãe, momentos que fazem parte de suas vidas e da história do shopping.

Assim como as duas moradoras da Barra, quase um milhão de pessoas circularam pelos corredores do maior centro de compras do Brasil no ano de sua inauguração. Passados 25 anos, o público anual do shopping é da ordem 21 milhões

DivulgaçãoZap o especialista em imóveis

.

Reflexo não apenas da ampliação da área construída, que dobrou para 120 mil metros quadrados após a sexta e última expansão, em que ocorreu a fusão com o New York City Center, mas da duplicação da população da Barra da Tijuca, que na década de 80 tinha cerca de 50 mil habitantes.

Moradora da região desde 1978, Tereza Ferraz recorda o panorama em volta do shopping na época de sua inauguração.

— Só havia o BarraShopping e o Carrefour. O resto era tudo mato — lembra.

Segundo José Isaac Peres, presidente da Multiplan — proprietária e administradora do BarraShopping —, esse mesmo matagal era um atrativo em 1979, ano de lançamento do projeto:

— Partimos do princípio de que as pessoas que iam à Barra queriam encontrar uma nova paisagem. Elas saíam do Centro do Rio, uma caixa de concreto armado, para buscar mais ar, mais natureza. Consideramos que a principal clientela potencial do BarraShopping eram as pessoas residentes na região. Com a duplicação da Auto-Estrada Lagoa-Barra e da Grajaú-Jacarepaguá, incluímos também moradores das zonas Sul e Norte.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.