20/08/2009

“Morar mais por menos” vai mostrar uma parede ecológica

Fonte: O Globo

A mostra “Morar mais por menos”, que abre terça-feira na Pequena Cruzada, na Lagoa, vai mostrar uma parede ecológica revestida com 835 coadores de café usados, cortados e colados em tiras pelo arquiteto Thoni Litsz. De longe, as manchas de café lembram uma parede de pedra tipo “canjiquinha”. O foco da mostra é a sustentabilidade. As irmãs Isabela e Nastassja Saramago deixaram de lado tijolos e optaram por “cofres de carga”, os mesmos contêineres da UPAs do governo estadual, que se acumulam nos portos, gerando ônus para a natureza por serem de difícil perecibilidade.

As Saramago fizeram um espaço residencial com um “cofre”. A dupla Giovanna Eirado e Francisco Palmeiro encontrou duas escadas de madeira abandonadas e, depois de restauradas e laqueadas, servem de sustentação para prateleiras de livros. Na “brinquedoteca” das arquitetas Laura Mattos, Nathalia Campos e Suzana Lema é permitido rabiscar nas paredes. No lugar do tradicional lambri até meia altura, o trio optou por revestimento em fórmica preta que ganhou função de lousa.

Quer saber mais? Siga o ZAP no Twitter

1 Comentário

  1. Gostaria de saber como faz , passo a passo essa parede revestida de coadores de café usados (em tiras) para eu tentar fazer. Obrigado!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.