20/10/2008

Abre e fecha ao seu comando

Fonte: Jornal da Tarde

Janelas e portas já podem ser acionadas à distância, por rádio ou telefone

Além da motorização em janelas com persianas de enrolar, o mercado já oferece a automatização para janelas e portas de correr. A Cristal Line desenvolveu junto à Bosh e lançou no início do ano o motor com microprocessador para a abertura de janelas integrado com sensores e sistemas de alarme e telefonia.

A automatização é feita em uma das folhas da esquadria, o que permite o uso em venezianas ou na moldura do vidro. “É uma novidade do mercado, que, até então, só tinha para persianas de correr. A tecnologia ainda permite que seja ligado a outros sistemas e ter um controle a distância”, conta Roberto Mattei, proprietário e criador do produto.

O microprocessador permite o controle manual, feito por botões na própria esquadria, por controle remoto, timer ou telefone. “O que fizemos foi colocar uma entrada para telefone. É como uma secretária eletrônica, que, após alguns toques, a ligação cai na janela ou na porta. A partir daí, o morador digita uma senha que irá fazer a janela abrir ou fechar a folha”, explica Mattei.

No sistema automático, a estrutura pode vir com sensores de iluminação, que irá acionar o sistema de abertura conforme a claridade, ou chuva. Outro ponto pronto no projeto é a capacidade de receber um alarme com detector que usa infravermelho na estrutura ou ser ligado ao sistema central de segurança da casa. Uma janela de tamanho 120 cm x 120 cm com o sistema básico e de alumínio custa a partir de R$ 1,5 mil.

“Para a instalação do produto, o ideal é que o imóvel esteja na fase de construção, pois é preciso deixar um ponto de energia e telefone para a janela, além dela ocupar cerca de 20 cm a mais que uma esquadria normal por causa do espaço do motor”, diz Mattei. Em caso de falta de energia elétrica, o comando faz com que a parte automatizada feche, podendo ser acionada ainda mais cerda de 20 vezes por meio de bateria.

A Zeloart, fabricante de esquadrias com persiana motorizada com produtos Somfy, também trouxe para o Brasil os equipamentos da italiana Giesse. “Temos as duas opções e conseguimos tornar o preço mais acessível. A partir de R$ 500 pode se ter a automatização básica do produto”, afirma Ricardo Martins, diretor da empresa.

A empresa também oferece a tecnologia de controle das persianas via rádio. “É possível ter em um único controle remoto a operação de todas as janelas, controlado de qualquer local da casa”, comenta o diretor.

Entre as vantagens da automatização apontas pelo arquiteto Marcelo Rosset está o fim da manutenção tradicional. “Quando se tem janelas e portas pesadas, as persianas são acionadas por corda ou fita de nylon, e essas acabam sempre tendo de ser trocadas por desgaste ou até porque se rompem. Com o motor não há esse tipo de manutenção, e os produtos tem garantia e não costumam ter problema”, explica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.