31/03/2009

Abyara reverte prejuízo e lucra R$ 30,2 mi em 2008

Fonte: Agência Estado

No fim do ano passado, a dívida líquida da construtora e incorporadora era de R$ 391,784 milhões, ante R$ 387,744 milhões no fim de 2007

A Abyara Planejamento Imobiliário registrou lucro líquido de R$ 30,296 milhões em todo o ano passado, ante prejuízo líquido de R$ 1,912 milhão em 2007. Na comparação dos dois intervalos, a receita líquida cresceu 121%, para R$ 261,032 milhões. Em 2008, o Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) foi de R$ 133,292 milhões, ante R$ 14,078 milhões em 2007.

No fim do ano passado, a dívida líquida da construtora e incorporadora era de R$ 391,784 milhões, ante R$ 387,744 milhões no fim de 2007. A dívida bruta da companhia era de R$ 420,612 milhões no fim do ano passado, valor que deve ficar R$ 185 milhões após a reestruturação do endividamento com os bancos credores.

Conforme a diretora de Relações com Investidores da Abyara, Ana Graciela Granato, a melhora do Ebitda resultou da venda de parte da corretora e de alguns terrenos e participações em projetos.

4º TRIMESTRE – A Abyara registrou um total de vendas contratadas de R$ 105 milhões no quarto trimestre de 2008. O valor é três vezes menor que os R$ 322 milhões vendidos no último trimestre de 2007. No acumulado de 2008, porém, as vendas cresceram 168%, de R$ 391 milhões para R$ 1,046 bilhão.

Na avaliação do presidente da companhia, Astério Safatle, a queda das vendas no quarto trimestre resultou tanto da piora do mercado decorrente da crise financeira internacional quanto do desgaste da imagem da companhia. No ano passado a Abyara enfrentou problemas decorrentes de seu endividamento. A construtora negociou com bancos o alongamento de dívidas que vencem em 2009. Parte das dívidas foi contraída como empréstimo-ponte para o follow-on, ou seja, a nova oferta de ações que a companhia considerava fazer desde meados de 2007. No ano passado, a empresa desistiu de realizar nova oferta de ações e vendeu 51% da corretora para a Brasil Brokers.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.