28/02/2016

Acerte nas medidas da sua casa e evite dor de cabeça na reforma

Veja algumas dicas preciosas para que a obra saia dentro do planejado

Fonte: 100 Pepinos*
Para evitar problemas é bom medir os móveis ou ambientes mesmo que o fornecedor já tenha feito (Fotos: Shutterstock)
Para evitar problemas é bom medir os móveis ou ambientes mesmo que o fornecedor já tenha feito (Fotos: Shutterstock)

Uma das coisas mais frustrantes em uma reforma é ter que mudar de planos. Ainda mais quando o erro é de medida, que prejudica o andamento da obra já que, geralmente, as peças são feitas a partir de encomendas.

+ Prédios de São Paulo gastam R$ 95 milhões com água por mês

+ Valorize seu apartamento com reformas pontuais. Veja como

Apartamentos antigos têm dimensões maiores que prédios novos e arquitetura mais velha. Imagina se você quiser trocar uma janela e na hora da instalação descobre que a medida da nova veio com 10 cm a menos do que o pedido? É motivo de estresse. Isso vai gerar atraso se você pedir um novo produto, a não ser que faça uma gambiarra para consertar o erro.

Para que não aconteçam esses problemas é importante saber algumas coisas. O 100 Pepinos, parceiro de notícias do ZAP, separou algumas dicas para espantar prováveis dores de cabeça.

Veja abaixo:

1 – Fique de olho nas medidas para que não fiquem erradas

As medidas que mais costumam sair errado são de boxes, espelhos, bancadas de mármore e granito, marcenaria, nichos de banheiro, portas e janelas, torneiras e cubas. Peça aos fornecedores que vão até sua casa para tirar as medidas antes de confeccionar as peças e, para garantir, confira você também.

Não adianta levar o desenho que você fez, com as medidas que você tirou. Escolha a cuba e torneira na medida certa e entregue para a marmoraria para que os cortes e furações não saia errados. Imagina se aquela bancada de granito dos sonhos chegar errado e não couber na cozinha? Ou se na hora de instalar a torneira na bancada, não dá a altura?

Imagine que decepção se a bancada de granito chegar com medidas totalmente erradas?
Imagine que decepção se a bancada de granito chegar com medidas totalmente erradas?

2 – Cuidado para não comprar quantidade errada de material

Cada material tem uma forma de cálculo e recomendação de perda. Por exemplo, os pisos são comprados em m²: é só multiplicar comprimento pela largura do ambiente e acrescentar a perda, que geralmente é de 10%. No caso das tintas, veja o rendimento na lata e calcule pensando quantas demãos você precisará usar.

Se você comprar mais material do que o necessário, vai ter que lidar com as sobras, além de gastar muito dinheiro.

Se comprar menos, a obra fica parada até o material chegar, atrasos e mais atrasos.

Não exagere na compra de materiais, seja exato
Não exagere na compra de materiais, seja exato

3 – Conferir a medida de cômodos e dos pontos de tomada, TV e torneiras

Planeje bem os ambientes. Localize tomadas (distância e altura), pontos de saída de esgoto (para sifão) e água para torneira. E marque bem a dimensão dos cômodos para não ter surpresas com medidas erradas.

Não vá sair fazendo a obra a olho, sem ter um projeto com as medidas ou a localização das tomadas e pontos de TV. Isso ajuda, inclusive, a decidir os móveis e os aparelhos que caberão na sua casa. E evita que você tenha que quebrar tudo, refazer e desperdiçar tempo e dinheiro.

Fique de olho na parte elétrica da casa
Fique de olho na parte elétrica da casa

4 – Verificar se os móveis e eletrodomésticos conseguem entrar na sua casa

Isso ninguém se lembra. Chega o caminhão e aquele espelho enorme que vai pro seu quarto não passa nem na porta de entrada. A cama king size, então, nem pensar em caber no elevador. Aí a empresa de entrega vai reclamar de ter que levar um móvel tão pesado 17 andares pelas escadas – se é que a cama consegue fazer curva na escada do seu prédio.

Para evitar esses pepinos verifique antes de comprar ou programar uma mudança o tamanho de elevador, das escadas e da abertura das portas.

Compre móveis que sejam compatíveis com as medidas da sua casa
Compre móveis que sejam compatíveis com as medidas da sua casa

+ Conheça 7 pepinos que podem estar invisíveis em sua obra

+ Veja cinco maneiras de perder o controle de sua reforma

+ Saiba o que fazer se o pedreiro sumir no meio da obra

+ Fios e cabos podem se tornar bons aliados da decoração

+ Saiba escolher o tipo de rodapé para cada ambiente

 

* site parceiro do ZAP  (www.100pepinos.com.br)

 

Quer receber mais dicas de decoração e mercado? CLIQUE AQUI e cadastre-se

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.