30/10/2006

Acesso: Chaves e cartões deixam de existir

Fonte: O Globo

Nos imóveis inteligentes, as portas são abertas digitalmente. Basta o toque de um dos dedos.Podem ser criados grupos de usuários com acesso condicionado a horários pré-programados.

Programação: Logo no hall de entrada do apartamento, uma tela de cristal líquido controla todas as funções inteligentes do imóvel. O abrir-e-fechar de portas e cortinas, a aspiração central, a intensidade das luzes. O painel é acionado por touch screen, ou seja, funciona com um simples toque na tela. Ainda há como alternativa uma espécie de controle de mão, no qual o usuário também pode acionar e programar funções.

Hidromassagem: O banho de banheira pode ser programado, por controle à distância, pelo telefone celular, via internet ou pelo computador de bolso. No fim do banho, a função auto-limpeza se encarrega de higienizar todo o circuito hidráulico com água e detergente.

Banho: O banho de ducha também pode ter fluxo de água e temperatura pré-programados. Não é mais preciso ficar temperando a água a cada banho.

Iluminação: O usuário pode criar uma série de ambientes com iluminação específica. Pode optar, por exemplo, pela penumbra ao abrir a porta ou que cômodos devem ter as luzes acesas simultaneamente.

Segurança: O morador é avisado quando portas e janelas ficam abertas. Há ainda a opção de uso do botão de pânico. É um equipamento pequeno, de mão, que fica com o usuário e, quando acionado, é imediatamente identificado pela segurança do condomínio.

Limpeza: O velho aspirador de pó não cabe nos novos empreendimentos inteligentes. A aspiração é central, com pontos em todos os cômodos e dutos embutidos nas paredes. Basta programar o sistema para que a aspiração seja feita de uma forma automática.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.