14/03/2013

Ações de cobrança de condomínio caem quase pela metade em SP

Fonte: ZAP Imóveis

Levantamento do Secovi (Sindicato da Habitação) mostra que foram registrados 563 processos em fevereiro, contra 985 ações ajuizadas em janeiro deste ano

O número de ações de cobrança por falta de pagamento da taxa de condomínio caiu quase pela metade no segundo mês do ano na cidade de São Paulo.

Ações de cobrança de condomínio caem quase pela metade em SP
O número de ações de cobrança por falta de pagamento da taxa de condomínio caiu quase pela metade no segundo mês do ano em São Paulo (Fotos: Banco de Imagens / Think Stock)

Levantamento do Departamento de Economia e Estatística do Secovi-SP (Sindicato da Habitação), realizado junto ao Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, mostra que foram registrados 563 processos em fevereiro, contra 985 ações ajuizadas em janeiro deste ano.

Na comparação com o número de ações registradas em fevereiro de 2012 (911 casos), pôde-se notar que também houve queda: 38,2%.

“Os condôminos têm preferido negociar e pagar parcelado para não ter seu nome inscrito nos serviços de proteção ao crédito”, afirmou Hubert Gebara, vice-presidente de Administração Imobiliária e Condomínios do sindicato.

Segundo o dirigente, para a saúde financeira do espaço, muitas vezes, é melhor para o condomínio receber parcelado do que esperar anos por um resultado na Justiça. “Os síndicos precisam continuar reforçando a cobrança”, aconselhou.

Ainda segundo o estudo, houve retração também nas ações acumuladas nos dois primeiros meses do ano. Em janeiro e fevereiro de 2013, foram computadas 1.548 ações, contra 1.799 totalizadas em igual período do ano passado, apresentando um recuo de 13,85%.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.