15/12/2008

Ações de despejo por falta de pagamento já cairam 9% em relação a 2007

Fonte: Editoria Zap

No entanto, segundo dados do Tribunal de Justiça de São Paulo, em novembro houve um aumento de 1% em relação a igual período do ano passado

As ações de despejo por falta de pagamento, segundo dados fornecidos pelo Tribunal de Justiça de São Paulo, somaram 1368 ações em novembro, um pequeno aumento de 1% em relação a igual período de 2007 (1356 ações). No acumulado do ano, entretanto, verificou-se uma a queda de 9%, registrando-se 16.999 ações em 2008 contra 18.655 em 2007.
 
“A tendência de queda nas ações de despejo por falta de pagamento tem sido uma constante no mercado imobiliário de locação de São Paulo”, segundo o presidente da Associação das Administradoras de Bens Imóveis e Condomínios de São Paulo (Aabic), José Roberto Graiche.

“Na década passada, o volume variava entre 39 mil e 46 mil ações anuais. Na virada do século, entretanto, com um diferente perfil da economia nacional, os números se firmaram na casa de 20 mil ações, diz o presidente da Aabic. S

De acordo com a entidade, em 2004 foram 19.910 casos, 19.708 em 2005, 21.224 em 2006 e 20.028 em 2007, já em 2008 as ações de despejo por falta de pagamento deve ser abaixo das 20 mil.  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.