27/07/2007

Acompanhe a obra e personalize o imóvel

Fonte: Jornal da Tarde

Possibilidade de dar sugestões e modificar a unidade são algumas vantagens oferecidas

Relatórios mensais sobre o andamento da construção via e-mail, visitas monitoradas no canteiro de obras para conferir de perto a estrutura e ainda a possibilidade de dar sugestões para o incremento das instalações. É com esses serviços de uma gestão mais participativa que as grandes construtoras têm eliminado as dúvidas e receios de seus clientes e aproximado o comprador do produto adquirido.

“Temos feito diversas ações para informar e tranqüilizar nossos clientes”, afirma o diretor-administrativo-financeiro da construtora Tecnisa, Tomás Laszlo Banlaky. “Todo o mês emitimos um relatório por e-mail do andamento da obra. No nosso site mesmo colocamos fotos da construção e quando a obra está em estágio avançado fazemos visitas monitoradas para que eles conheçam mais a estrutura”, completa.

Para o diretor da imobiliária Lopes, Carlos Kapudjian, o acompanhamento da obra desde o início serve de garantia aos moradores com relação à qualidade do material empregado e da mão-de-obra. “A vantagem é que o morador tem certeza quanto à idoneidade do imóvel e do condomínio. O cliente ganha o manual da planta do empreendimento”, conta. Além disso, diz o diretor, qualquer reparo que tenha de ser feito no início é de responsabilidade da construtora.

Outra vantagem apontada por ele é a redução de custos com o condomínio. “Os novos condomínios costumam ser mais baratos que os antigos porque já são concebidos para ter custos racionalizados. A empresa de administração de condomínio está inserida desde a concepção do projeto e isso reflete no bolso do comprador”, explica.

Mas entre todas as oportunidades e serviços oferecidos pelas construtoras, a possibilidade de alterar a estrutura interna do imóvel é uma das que mais atrai os compradores. “O cliente pode escolher o layout que quiser e fazer a personalização da planta de sua casa e dos acabamentos”, conta Kapudjian. Segundo ele, as construtoras têm observado que essa tendência já está virando uma exigência dos compradores. “O consumidor não quer que a casa fique igual a do vizinho, ele quer que seja só dele”, diz.

As construtoras mais avançadas personalizam não só a divisão dos ambientes e o acabamento como também o revestimento de pisos de banheiro e a distribuição de pontos de energia e telefonia pelo imóvel. “Você já entra no seu imóvel com a sua cara. Não precisa alugar caçamba e sair quebrando o imóvel inteiro”.

Algumas empresas fecham ainda parcerias com fornecedores de mobiliários e acessórios domésticos e até viabilizam a instalação de internet e banda larga no imóvel. “Quando o cliente chega para morar a parte mais chata já passou”, conclui o diretor da imobiliária Lopes, Carlos Kapudjian.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.