05/02/2009

Água individualizada pode reverter desperdício nos condomínios

Fonte: Editoria Zap

Com os equipamentos, redução do consumo de água nos condomínios pode chegar a 30%

De acordo com o Secovi – SP (Sindicato da Habitação de São Paulo) o consumo de água representa de 10 a 15% do total das despesas ordinárias dos condomínios, perdendo apenas para encargos e mão-de-obra. Atualmente, essa água é rateada pelo número de unidades autônomas do conjunto e quem gasta pouco paga pela média, assim como quem gasta muito.

“A instalação do hidrômetro individual não é apenas uma questão de justiça nas contas de água. Ele pode, também, reverter um quadro de desperdício que poderá comprometer, em um período de longo prazo, o abastecimento. O problema é mundial, e a água está se tornando escassa também no Brasil”, diz Hubert Gebara, vice-presidente de Administração Imobiliária e Condomínios do Secovi-SP.

Os submedidores individuais de água são capazes de evitar o desperdício e contribuir para que as contas de água sejam reduzidas em até 30%, de acordo com Gebara. Entretanto, os equipamentos só podem ser instalados, sem transtornos, nos novos prédios, com previsão desde o projeto. “Em prédios antigos, com mais de três prumadas, não compensariam pelo transtorno e custo da obra”, comenta o vice-presidente do Sindicato da Habitação.

LEIA MAIS:

Apartamento terá conta de água individualizada

Cuide da qualidade de água

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.