12/04/2013

Além de funcionais, tapetes podem virar peça chave da decoração da casa

É preciso ter o layout do espaço em mãos na hora de comprar este item para evitar adquirir um tamanho desproporcional ao ambiente

Fonte: ZAP Imóveis

Eles podem ser redondos, retangulares, estreitos ou largos. Há também os que ganham uma estampa colorida ou mantêm o tom neutro. Os tapetes há muito tempo deixaram de ser apenas uma peça funcional para participar da decoração da casa. Além de oferecer aconchego, eles complementam o visual do ambiente.

Além de funcionais, tapetes podem virar peça chave da decoração da casa
Harmonize a cor e o formato do tapete com o visual do ambiente (Fotos: Thinkstock)

“Tapetes podem ser colocados no ambiente que a pessoa desejar, contanto que ele dê graça ao espaço”, diz Neilândia Maris Almeida, arquiteta e designer de interiores. Para escolher qual é o ideal para determinada área da casa, a profissional ressalta que é preciso ter em mãos uma ideia do layout do local, assim é possível verificar se a nova aquisição é adequada ao tamanho do cômodo. “O tapete pode ser lindo, mas ter o projeto em mãos ajuda a não comprar uma peça que fique desproporcional ao recinto”, diz.

Tamanho – O tapete é um dos últimos itens a serem implementados no visual. A especialista lembra que é importante medir o tamanho do ambiente disponível para não errar na proporção. Esse item não pode parecer que está sobrando na sala, nem tampouco passar a impressão de que faltou tecido para que ficasse com a dimensão adequada.

Composição do visual – “Primeiro deve ser feita a compra dos móveis para então escolher o tamanho do tapete que irá fazer melhor composição em termos de cor, tecido e estampa”, orienta Cristiane Geraldelli, designer de interiores. Ela garante que a peça com formato retangular é um clássico e nunca irá sair de moda. “Já o redondo fica mais interessante em situações informais”, diz.

Além de funcionais, tapetes podem virar peça chave da decoração da casa
Para o quarto das crianças, escolha um tapete que não acumule muito pó

Segundo Cristiane, na hora de escolher o tapete é preciso ter uma ideia de quais acessórios e obras de arte irão compor a decoração. “Se a peça desejada for estampada e com poder visual muito grande, será preciso tomar cuidado ao colocar almofadas e outros objetos no mesmo ambiente”, alerta.

A arquiteta Neilândia lembra que, quando a decoração conta com peças clássicas, tapetes persas ficam muito bem. “Assim como a cortina, o tapete é o que dá fechamento no visual do ambiente”, diz. E Cristiane complementa: “Os tons têm que ficar harmônico. As cores não precisam combinar, mas sim se integrarem”.

Ao decorar, é preciso olhar em volta do ambiente para criar essa harmonia. “Se optar por um tapete colorido, uma boa saída é utilizar tons neutros em elementos como poltronas e cortinas para que a mobília não “brigue” com a estampa da peça que vai ao chão”, recomenda Cristiane.

Além de funcionais, tapetes podem virar peça chave da decoração da casa
Sala de TV fica aconchegante com tapete do estilo “fofinho”

Tapetes felpudos são ótimos para salas de TV. “Além de absorver o som, eles deixam o ambiente mais aconchegante”, afirma Cristiane. Para o quarto das crianças, o ideal é aquele que não acumule muito pó e seja antialérgico, de acordo com Neilândia.

Para que o tapete não cause um acidente, é necessário evitar deixar a sua ponta no meio do caminho. Ele pode ser colocado debaixo de algum móvel. “Além disso, quando o sofá é colocado em cima dele, a sensação é de que o ambiente foi alongado”, diz a arquiteta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.