31/10/2008

Alugue com segurança

Fonte: Jornal da Tarde

Na hora de alugar um imóvel, também é necessário cuidados com a segurança

Os problemas relacionados à segurança influenciam na decisão de quem está procurando um imóvel para locar. Imóveis com histórico de assaltos e bairros onde o locatário se sente inseguro também tem menos chance de ser alugado. Até a iluminação da rua conta nesse negócio.

“Recomendamos à pessoa que vai alugar o imóvel a andar pelo condomínio e pelo entorno, conversar com moradores do local e até ver se a rua é iluminada. Isso ajuda ao interessado criar confiança ou não, se o negócio vai ser bem sucedido, sem problemas de roubos ou qualquer outro tipo de violência durante a vigência do contrato”, comenta Eder Souza Rego, gerente de Gestão Patrimonial do Grupo Hubert.

O gerente conta que os apartamentos ou casas em condomínios com sistema de segurança costumam alugar mais rápido do que em outros locais, desde que a segurança não pese no preço do condomínio. “Por motivos de segurança é que as casas de vila também fazem tanto sucesso. Muitas pessoas, quando estão à procura de um condomínio é porque já tiveram alguma experiência ruim”, analisa.

As imobiliárias também têm mudado a forma de apresentar os imóveis para os interessados. Atualmente, a visita com corretor é obrigatória. “Quando o proprietário entrega a chave para a imobiliária, essa é responsável pelo imóvel. Se ocorrer qualquer problema de vandalismo ou até no condomínio, vão cobrar de quem liberou a chave”, diz Souza.

O gerente administrativo da TDW Imóveis, João Rocha, conta que, depois do preço, segurança e localização empatam como fatores que influenciam no fechamento do negócio. O profissional também afirma que os condomínios estão cada vez mais exigentes quanto aos acessos aos imóveis para locação. “Se o imóvel for em um condomínio nobre, a segurança do local exige até uma carta por escrito do proprietário liberando a entrada do interessado com o corretor”, afirma.

Recomendações
O vice-presidente de administração Imobiliária e Condomínio do Secovi-SP (Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais de São Paulo), Hubert Gebara, recomenda ao proprietário do imóvel não entregar a chave do apartamento que será alugado em muitas imobiliárias ou corretores. “É uma questão de segurança do condomínio. O acesso de muitas pessoas ao imóvel pode trazer problemas não só para o dono, mas para todos que moram no prédio”, comenta.

Gebara recomenda que o condomínio e o locador também crie regras para visita do imóvel. “Sempre exija a presença do corretor no local para não ter problemas. Procure também um profissional credenciado para entregar as chaves. No caso de condomínio, esse deve estar ciente de que há um imóvel para alugar no local e o corretor deve estar cadastrado pela portaria”, diz.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.