11/03/2010

Aluguéis residenciais novos subiram 0,4% em fevereiro

Fonte: Revista ZAP

Pesquisa mensal do Secovi-SP mostra ainda que, em 12 meses, alta totaliza 8,4%

Moradias de 1 dormitório registraram a maior elevação nos preços (Foto: Divulgação)
Moradias de 1 dormitório registraram a maior elevação nos preços (Foto: Divulgação)

Os aluguéis residenciais contratados em fevereiro na cidade de São Paulo registraram aumento de 0,4% em relação aos valores médios do mês anterior. No acumulado dos últimos 12 meses, o preço de locação de sobrados e apartamentos subiu cerca de 8,4%, variação superior ao da inflação oficial do País, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Ampliado (IPCA), do IBGE, que foi de 4,83% no mesmo período.

As moradias de 1 dormitório registraram a maior elevação nos preços de aluguel em fevereiro de 2010 (1% de acréscimo sobre janeiro), movimento puxado principalmente pelas regiões central e leste periférico. Já os preços das residências de 2 dormitórios ficaram estabilizados, ao passo que o preço dos imóveis de 3 quartos teve pequena alta de 0,2%, graças especialmente à contribuição das regiões sul e leste 1 (Mooca e Tatuapé).

As informações apresentadas na pesquisa foram produzidas pelo Departamento de Economia e Estatística do Secovi-SP e objetivam acompanhar o comportamento do mercado imobiliário de aluguéis na Cidade de São Paulo. Os valores são apresentados por m² (área privativa de apartamentos e área construída de casas e sobrados), organizados em oito grandes regiões: Centro; Norte; Leste (dividida em duas zonas: a que corresponde à área do Tatuapé à Mooca; zona B – outros bairros dessa área geográfica, como Penha, São Miguel Paulista, etc.); Oeste (segmentada em duas: zona A – Perdizes, Sumaré, Pinheiros e vizinhanças; zona B – bairros como Butantã, Jaguaré); Sul (dividida em duas sub-regiões: zona A -Jardins, Moema, Campo Belo, Vila Mariana, dentre outros; zona B – bairros como Campo Limpo, Ipiranga, etc.).

Os dados estão organizados por faixa de valores por metro quadrado, número de dormitórios e por estado de conservação. Por exemplo: um imóvel de 3 quartos na zona Norte, em bom estado, possuiria aluguel por m² entre R$ 12,90 e R$ 13,26, o que significa que uma moradia de 90 m2 na região teria locação situada entre R$ 1.161,00 e R$ 1.193,00.

GARANTIA – O tipo de garantia mais comum nas locações residenciais em fevereiro continuou sendo o fiador, responsável por mais da metade dos imóveis locados (51%). O depósito ou caução em dinheiro foi usado em 29% dos contratos locatícios. O seguro-fiança garantiu aluguéis em cerca de 20% das moradias locadas.

As residências vagas alugadas mais rapidamente foram as casas e os sobrados, que demoraram em média de 10 a 26 dias para serem ocupadas por inquilinos. Os apartamentos foram escoados em prazo maior: 16 e 34 dias. Na média, um imóvel bem localizado e em bom estado de conservação levaram uma média de 11 dias para ser alugado.

LEIA MAIS:

ALUGUEL ALTERNATIVO VIA WEB

DIÁRIAS NA PÁSCOA ATÉ 59% MENORES QUE NO CARNAVAL

AÇÕES LOCATÍCIAS CAEM 19% EM JANEIRO NA CAPITAL PAULISTA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.