26/07/2013

Aluguel de imóveis de 1 quarto tem maior alta em SP

Enquanto a média de aumento dos aluguéis residenciais ficou em 1,2% no sexto mês do ano, imóveis com esta tipologia sofreram reajuste de 1,6%

Fonte: ZAP Imóveis

Quem está à procura de casa ou apartamento com um dormitório para alugar pode preparar o bolso. Isso porque os preços dos aluguéis na cidade de São Paulo em junho subiram mais para os imóveis com esta tipologia.

Aluguel de imóveis de 1 quarto tem maior alta em SP
Para os imóveis de dois dormitórios, o aluguel registrou alta de 1% em junho em relação a maio, enquanto a alta dos de três quartos ficou em 0,8% (Foto: Banco de Imagens / Think Stock)

Segundo dados divulgados pelo Secovi (o sindicato da habitação), a alta para esse tipo de imóvel foi a mais significativa do mercado imobiliário e ficou 1,6% maior, em média, que o registrado no último mês de maio.

Já a média de aumento dos aluguéis residenciais ficou em 1,2% no sexto mês do ano. Com isso, o reajuste da locação totalizou 8,4% nos últimos 12 meses, percentual superior ao da elevação do IGP-M (Índice Geral de Preços do Mercado) entre julho de 2012 e junho de 2013, que foi de 6,31%.

“Os preços já estão se estabilizando. Há um ano, a discrepância era muito maior. Enquanto a inflação acumulada em 12 meses atingia 5,1%, o aluguel residencial subia 13,2%”, compara Walter Cardoso, vice-presidente de Gestão Patrimonial e Locação do Secovi, via nota.

Para os imóveis de dois dormitórios, o aluguel registrou alta de 1% em junho em relação a maio, enquanto a alta dos de três quartos ficou em 0,8%.

Ainda segundo a pesquisa, a modalidade de garantia mais usada em junho foi o fiador (47,5% dos contratos locatícios efetuados). O depósito de até três meses de aluguel serviu como instrumento garantidor em 32% das moradias alugadas, enquanto o seguro-fiança foi escolhido em 20% dos imóveis locados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.