30/01/2013

Aluguel de imóveis residenciais cresce 13% em São Paulo

Fonte: ZAP Imóveis

Os imóveis mais alugados no Estado no período, com 51,26% dos novos contratos, foram os de aluguel mensal de até R$ 800

Apesar do financiamento da casa própria continuar em alta, há quem ainda prefira morar de aluguel em São Paulo.

Segundo pesquisa do Creci (Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo), com 1.381 imobiliárias de 37 cidades, o número de imóveis alugados aumentou 13,22% no acumulado de janeiro a novembro de 2012 em relação ao mesmo intervalo do ano anterior.

Os imóveis mais alugados no Estado neste período, com 51,26% do total dos novos contratos, foram os de aluguel mensal de até R$ 800. Na maioria das novas locações, quem garantiu o pagamento em caso de inadimplência do inquilino foi o fiador – ele apareceu em 60,74% dos novos contratos formalizados.

Somente em novembro, as imobiliárias consultadas alugaram 3.146 imóveis, sendo 1.779 casas e 1.367 apartamentos. A quantidade do 11º mês do ano passado, no entanto foi 8,98% menor que outubro.

Aluguel de imóveis residenciais cresce 13% em São Paulo
Os imóveis mais alugados no Estado foram os de aluguel mensal de até R$ 800

“Nenhuma surpresa nessa oscilação de um mês para outro”, afirmou José Augusto Viana Neto, presidente do Creci, via nota. “A locação de um imóvel demanda pesquisa, consultas e, muitas vezes, leva mais tempo do que se imagina para ser concretizada por causa da documentação exigida, da busca de um fiador ou de outros meios de se dar garantia ao locatário”, completou.

Venda de imóvel usado tem queda

As vendas de imóveis usados recuaram 32,11% em novembro no Estado de São Paulo na comparação com outubro, o que contribuiu para que o acumulado no ano ficasse menor: 3,38%.

Ainda segundo a pesquisa, 51,2% dos imóveis vendidos foram apartamentos e 48,8% casas. A maioria dos imóveis vendidos no Estado (51,03% do total) tinha valor médio de até R$ 200 mil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.