26/01/2010

Aluguel de temporada tem alta de até 80%

Fonte: Jornal da Tarde
 Aumentos variam de 13,7% a 80%, no litoral sul e de 9,61% a 79,38%, no litoral norte (Foto: Divulgação)
Aumentos variam de 13,7% a 80%, no litoral sul e de 9,61% a 79,38%, no litoral norte (Foto: Divulgação)

As diárias de alugueis para o carnaval no litoral paulista aumentaram até 80%, bem acima da inflação no ano, que foi de 4,31%, pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Isso é o que mostra pesquisa divulgada ontem pelo Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo (Creci-SP), feita com 43 imobiliárias de 12 cidades litorâneas.

Os aumentos variam de 13,7% a 80%, no litoral sul e de 9,61% a 79,38%, no litoral norte. No litoral central (que inclui Guarujá e Santos), as diárias de cinco tipos de imóveis aumentaram e as de quatro baixaram, na comparação com o ano passado.

“Os proprietários estão elevando os alugueis por causa do aumento da procura que está ligada ao calor exagerado este ano”, explica José Augusto Viana Neto, Presidente do Creci-SP.

Os imóveis mais baratos, segundo a pesquisa, são as quitinetes, no litoral sul, como Itanhaém e Peruíbe, cuja diária média é de R$ 135. A diária de casas mais amplas, de quatro dormitórios, é de R$ 950, no litoral norte.

Em relação aos preços inflacionados, Viana, do Creci alerta para a pechincha. “Se o consumidor souber negociar e, se fechar pacote para mais de 15 dias, o valor pode diminuir até 40%.”

Antes disso, na opinião de Maria Inês Dolci, coordenadora institucional da Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Pro Teste), é importante conhecer pessoalmente o local antes de fechar o negócio. “Nem tudo o que vemos pela internet é real.”

Para evitar transtornos, Jaques Bushatsky, diretor de legislação do inquilinato do Secovi-SP, recomenda “fechar o negócio por meio de uma imobiliária. Assim se houver algum problema, o locador tem com quem reclamar”.

FIQUE ATENTO – Conheça pessoalmente o local, para ter certeza que o produto prometido é o ofertado

É mais seguro fechar o negócio por meio de uma imobiliária. Se houver algum problema, o locador tem com quem reclamar

Se fechar pacote para mais de 15 dias, o consumidor pode conseguir desconto de até 40%

O locatário tem direito de usar áreas comuns e equipamentos de condomínios, se alugar casa e um

Os interessados podem entrar em contato com as imobiliárias pelo www.crecisp.gov.br


 

LEIA MAIS:

TIRE SUAS DÚVIDAS SOBRE COMPRA, VENDA E LOCAÇÃO DE IMÓVEL

DECORAÇÃO DE LUXO QUE VEM DO MAR

CARNAVAL: DIÁRIAS NO RIO VARIAM DE R$ 80 A R$ 3 MIL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.