20/01/2008

Antes de viajar, siga algumas dicas de segurança

Fonte: O Estado de S. Paulo

Durante as férias, os moradores que viajam devem tomar alguns cuidados para garantir a segurança do apartamento ou da casa. É importante deixar o síndico ou zelador avisado da viagem para que, em caso de emergência, eles possam avisar o morador. É recomendável deixar com eles um número de telefone de emergência, onde se possa ser encontrado, ou então de amigo ou parente.

No entanto, deve-se evitar comentar a respeito da data de retorno. A recomendação é da diretora-geral da administradora Adbens, Ana Paula Pellegrino. Porém, nunca se deve deixar as chaves na portaria. Assim, se os funcionários forem rendidos, os bandidos não terão acesso livre ao apartamento. Uma chave de emergência pode ser deixada na casa de um amigo ou parente.

Avisar o vizinho a respeito da viagem também pode ajudar. Caso ele escute algum ruído estranho, pode chamar ajuda.

Para não dar indícios de que a casa está vazia, Ana Paula recomenda que o morador cancele entregas na unidade e peça ao porteiro que junte as correspondências. Transferir as ligações do telefone fixo para o telefone móvel é outra alternativa proposta pela administradora.

Conforme Hubert Gebara, vice-presidente de Administração de Imóveis do Sindicato das Empresas de Habitação (Secovi-SP), um hábito bastante comum entre pessoas que viajam é deixar a luz acesa. “Luz ininterrupta é a maior prova de que não há ninguém em casa”, afirma. O procedimento deve ser evitado, o que favorece a conta de energia elétrica no fim do mês.

Portas, janelas e vitrôs devem estar trancados. Quem tiver alarme, acione. Latas de lixo e plantas devem ser revistos: “Também é importante evitar depósitos de água, por causa da dengue”, lembra Ana Paula.

Leia também

No verão, aumentam os cuidados

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.