15/04/2013

Conheça as 10 antiguidades que todo mundo quer ter em casa

Pinguins de geladeira, pratos decorativos, refrigerador dos anos 50 e vitrola agregam muita personalidade e sofisticação à decoração

Fonte: ZAP Imóveis
Pinguins de geladeira estão na moda (Foto: Verônica Lima)

Lembra daquele pinguim que a sua avó tinha em cima da geladeira e você achava de mau gosto? Pois é, como dizem os mais velhos “Quem desdenha quer comprar”. E não é que eles têm razão! Hoje é justamente isso que acontece com os brasileiros. Há jovens que pagam muito para ter em casa uma geladeira dos anos 50, uma vitrola ou um bidê no banheiro.

Em alguns casos o brega pode até ganhar uma nova funcionalidade dentro do lar. Tem muita gente transformando a geladeira herdada da avó em armário ou adega. Há ainda aqueles que mudam o visual do objeto e o deixa mais moderninho e cheio de charme.

Confira os 10 objetos ultrapassados que vêm sendo o centro das atenções na decoração contemporânea:

Pratos podem agregar muita personalidade e sofisticação à decoração (Foto: Anna Carolina de Oliveira)

1º) Pratos decorativos – Símbolo de tradição no passado, esses objetos especiais não são uma arte esquecida no tempo. Há ainda quem valorize uma boa coleção de pratos no século XXI. Especialistas afirmam que essas peças podem agregar muita personalidade e sofisticação à decoração.

2º) Espada de São Jorge – A Espada de São Jorge é uma espécie que antigamente foi muito usada em jardins e fachadas. Segundo a paisagista Lidiane Lourenço, a planta era colocada nas residências porque as pessoas acreditavam ser uma espécie protetora do lar.

“Ficou fora de uso por algum tempo, mas de uns tempos para cá, voltou a ser usada em vários tipos de estabelecimentos, residenciais e comerciais também. É uma herbácea muito resistente e de fácil manutenção.”

3º) Pinguim de geladeira – Os pequenos objetos perambularam entre o luxo e o lixo. Na década de 40 era chique ter um pinguim de porcelana em cima dos refrigeradores; nos anos 60 o item foi popularizado e passou a ser cafona, já no período dos anos 90 ele teve uma volta triufal e a sua aparição resultou em uma nova releitura da arte, denominada de “Kitsch” (arte popular).

No século XXI, eles continuam sendo vendidos, colecionados e relançados. Quem admira a arte e é bem humorado deve comprar um pinguim e colocá-lo em cima da geladeira. Profissionais afirmam que a  decoração da casa diz muito sobre o dono do imóvel.

Modelo de banheira de estilo vitoriana da Doka Bath (Foto: Divulgação)

4º) Banheira – Os modelos antigos do século XIX, em estilo vitoriano, fazem tanto sucesso que atualmente empresas fabricam uma releitura dessas peças com ou sem hidromassagem. Além disso, algumas marcas resolveram trocar os  tradicionais pés metálicos por uma base feita em quarrycast – uma espécie de pedra calcária rara.

Charmosa, pode ser usada como um mobiliário e oferece um resultado incrível ao ambiente. Uma peça nova pode custa quase R$ 9 mil.

Bide, uma questão antiga de higiene pessoal (Foto: Ulisses Cavalcante)

5º) Bidê – É um item muito antigo, muitos acham ultrapassado, mas tem gente por aí que faz questão de ter um no banheiro. Aqueles que gostam, têm o item instalado em casa por questão de higiene pessoal.

A artigo é uma invenção francesa do final do século XVII ou no começo do XVIII, embora não se saiba exatamente a data e o inventor dizem por aí que o primeiro foi encomendado por uma rainha francêsa que sentiu-se “suja” por não ter um recipiente para lavar suas partes íntimas.

A mais antiga referência do objeto que se tem notícia foi em 1710. Por volta de 1900, graças os investimentos no sistema de encanamento das cidades, o bidê saiu do quarto e foi para o banheiro.

Uma cristaleira com cara de geladeira (Foto: Divulgação)

6º) Geladeira – Uma geladeira antiga não precisa ter necessariamente a função de gelar. Muitas pessoas compram este objeto raríssimo para servir de armário ou cristaleira na sala, dando muita personalidade e estilo ao ambiente.

Para quem quer comprar um refrigerador com visual dos anos 50 que tenha a função de gelar é possível encontrar um novinho nas lojas de decoração e eletrodomésticos. A releitura costuma ter um preço um pouco salgado. Já as peças antigas podem ser encontrados em feirinhas como a da Praça Benedito Calixto, em Pinheiros, por um preço mais em conta.

7º) Azulejo – As cores e desenhos dos azulejos fora de moda estão totalmente  modernos. Não é fácil encontrar à venda azulejos antigos e fora de linha. Mas ainda restam algumas lojinhas espalhadas pelo País. O comum é decorar um ambiente usando mais de um modelo, mesclando cores e desenhos. É importante que tenha uma hamornia entre eles para o efeito ficar impecável.

8º) Lustres – Quando mais antigo mais bonito. Os lustres nunca saem de moda, até mesmo os mais velhos. Basta, apenas, tomar os cuidados necessários e fazer sempre uma manutenção para conservá-los. As antiguidades são mais elegantes, costumam ser grandes e normalmente de cristais.

Se você herdou ou comprou uma lustre grande e não tem espaço para ele na sua casa,  as lojas especializadas em restauração pode ajudá-lo. Ele pode ter o tamanho reduzido para se harmonizar com o local em que será instalado.

9º) Vitrola – A venda de vinis como adornos de decoração tem aumentado bastante nos últimos anos. Ter uma vitrola do tempo da vovó para ouvir aqueles LPs antigos com os amigos é questão de bom gosto.

Diferente do que muitos pensam, ter os móveis antigos decorando o ambiente não faz a casa ser simples. Atualmente, essas peças oferecem muito requinte aos cantos do imóvel.

10º) Telefone – Apesar do design ultrapassado, os telefones do século XIX ainda fazem muito sucesso quando usados para enfeitar ambientes. Eles são bem maiores do que os atuais e usá-los não era, digamos assim, tão agradável. Lembra como era difícil ter que discar número por número? Por isso, telefone antigo só mesmo como mobiliário de decoração.

31 Comentários

  1. Adoro coisas antigas , aprendi com meu pai.Hoje com 49 anos, continuo apreciando essas belezas da antiguidade.Minha casa tem antiguidades, o novo é sem graça o velho é charme puro.

  2. alguém de voces sabe me dizer porque os elefantes de decoração devem estar de “bunda” para a entrada das peças?

  3. Adoro itens vintage. É perfeitamente possível o novo conviver com o antigo. Além do mais, acho que em tempos de rever a nossa consciência ecológica, nada mais “in” do que reaproveitar e repaginar o que já existe e não demanda o consumo de recursos naturais para ser feito.

  4. Tenho para vender=lustre antigo acredito ser dos anos 60 ou 50, com vidros jateados ferro correntes, tambme 4 cadeiras medeira e estofadas antigas, comoda com sapateira antiga.

  5. Respondendo à pergunta do Carlos, deve-se deixar os enfeites de elefantes com a bunda para o lado da porta pois segundo uma lenda que não me lembro agora, atrai dinheiro.

  6. Cadê as fotos dos telefones antigos??E a vitrola??? onde encontrar?? Amo a linha retrô!! Tem batedeiras tabm??Sensacional a matéria, divulgue mais…sem esquecer que voltou os LPs…Elaine.

  7. Deixa de ser brega a moda vai e volta mais gosto não se discuti,Quem dita a moda somos nós quem gosta de colecionar e daí.

  8. eu sou bem eclética gosto dos dois estilos ambos tem a sua graça e o seu charme o bom do vintage pelo menos pra mim! é que me traz boas recordações da infância e adolescência isso sem contar que sempre tem uma boa história por trás de um objeto vintage

  9. BHA, EU TENHO UM PINGUIM SUPER ANTIGO ERA DA MINHA AVÓ, TO QUERENDO VENDER ALGUEM INTERESSADO?? HEHE

  10. Eu acho esse negocio de moda uma babaquice. Quando eu era adolescente (decada de 80) minha irma mais velha jogou fora nosso pinguim de geladeira alegando que era brega, “era coisa de pobre” e eu pensei “nós somos ricos?”. Hoje quem é considerado “rico” paga caro pra ter um. Vai se entender. Eu tenho na minha casa objetos que EU gosto, que ME agradam, não me importa o que os outros pensem, quem mora aqui sou eu a decoração tem que agradar a mim. Tem gente que no dia que a moda for andar fendendo só vai andar cagado.

  11. Essa coisa de moda,não é moda,não passa de comércio e nada mais.Se a pessoa gosta de tal elemento para enfeitar a sua casa e ou local de trabalho,que o faça,ora pois!E quanto ao tal bidê pedido pela rainha francesa,realmente deveria feder muito mesmo,já que eles não são muito chegados no banho há séculos.

  12. Tenho uma geladeira gold star de mais de 55 anos e gostaria de vendê-la. Está funcionando perfeitamente porém necessita de pintura e puxadores. Quem restaura vai deixá-la lindona!!!

  13. Gostaria de saber qual a loja vende os pinguins fotografados pela Veronica Lima na materia “conheça 10 antiguidades que todo mundo quer ter em casa” em 15.04.2013. Amei os pinguins.

  14. voce usaria esses objetos na decoraçao da sua casa? sao objetos antigos que estao na moda

  15. TB gosto de objetos antigos,principalmente qdo tem história. Mas TB acho MT caros,tenho algumas peças e queria muito uma banheira com pés cromados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.