20/04/2008

Apartamento com jeito de casa

Fonte: O Globo

Varanda em apartamento térreo, remodelada, integra ambientes

Boas idéias, de fato, transformam um ambiente, que, à primeira vista, poderia parecer pouco atrativo em termos estéticos. A retirada de uma piscina da varanda dos fundos de um apartamento térreo, na Avenida Maracanã, na Tijuca, teve um efeito extremamente positivo, ao contrário do que se poderia imaginar.

André TeixeiraZap o especialista em imóveisChurrasqueira e banco de madeira, em meio às plantas

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A arquiteta Claudia Santos encontrou um cenário nada harmônico no local: uma piscina velha de fibra de vidro; um deque com um piso surrado, feito de pedra São Tomé; e uma churrasqueira antiga, com cobertura malfeita, que não protegia nada, nem ninguém da chuva.

André TeixeiraZap o especialista em imóveisA fonte confere charme à varanda e é vista da janela

Claudia propôs, então, retirar a piscina — que ocupava metade dos 44 metros quadrados da varanda — e instalar uma ducha e duas saídas de água laterais, para massagear o corpo de quem prefere fazer um relaxamento durante o banho. Foram construídas novas churrasqueira e cobertura. O canteiro de pedra, ao lado, ganhou ripas de madeira e virou um charmoso banquinho. Já as plantas, que cresciam aleatoriamente, foram substituídas por outras espécies, que são de fácil adaptação e manutenção.

A iluminação da varanda foi feita com leds, que gastam menos energia que as lâmpadas convencionais. No chão, foram instalados dois tipos de piso: de um lado, peças de ecowood (uma cerâmica que imita madeira, mas que é de fácil manutenção); e, do outro, porcelanato branco. Perto do muro — onde fica uma fonte d’água, que pode ser vista da janela do quarto principal — o porcelanato dá lugar a rodelas de cimento, intercaladas com pedriscos.

André TeixeiraZap o especialista em imóveisO piso “”ecowood”” , que imita madeira, divide espaço com o porcelanato branco

 

 

 

 

 

 

 

 

 

André TeixeiraZap o especialista em imóveisA ducha que substitui a piscina, com jatos d””água laterais, saindo do muro

 

 

— A mudança integrou a sala com a varanda, deixando o apartamento com cara de casa. Além disso, o local é um oásis de tranqüilidade no meio da cidade: nem parece que estamos numa das vias mais movimentadas da Tijuca — resume a arquiteta.

O valor de toda a reforma (incluindo gastos com o projeto, paisagismo, plantas, luminária e móveis) ficou em torno de R$25 mil.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.