06/11/2006

Apartamento compacto é maioria nos lançamentos

Fonte: O Estado de S. Paulo

São 4 dormitórios com área útil entre 100 m² e 150 m² para atender à classe média, com financiamento; preços de R$ 600 mil a R$ 700 mil

DivulgaçãoZap o especialista em imóveisOferta – Fachada do Maison Marianne, empreendimento lançado pela Zabo na Saúde; 193 m² úteis e valor médio de R$ 714 mil

A cidade de São Paulo recebeu no fim de setembro 14 empreendimentos de unidades com quatro dormitórios e 3 com cinco dormitórios. (Veja tabela da Empresa Brasileira de Estudos do Patrimônio – Embraesp – nesta página) São edifícios(11) e condomínios de casas (seis) em vários bairros e pelo menos com três faixas de metragem e preços.

Os de menor valor são chamados no mercado de “4 dormitórios compactos”, cuja área útil tem de 100 m² a 200 m². A Gafisa é a responsável por um desses lançamentos (com vendas pela Fernandez Mera), que é o empreendimento Olimpic Chácara Santo Antonio, no bairro de mesmo nome. São unidades de quatro dormitórios, com 130 m² úteis e preço médio de R$ 360 mil.

O diretor de Negócios de São Paulo da Gafisa, Odair Garcia Senra, explica que esse tipo de unidade pode ser chamado de “ecumênico’, ou seja, atende a qualquer tipo de família, com projetos sem ou com suíte. “É a mesma característica que tiveram os apartamentos de três dormitórios com uma suíte”, cita Senra. Ele ressalta que morar em uma unidade de quatro dormitórios é sempre sinal de status. E o mercado tem apresentado ofertas desse tipo, mais acessíveis ao consumidor de classe média. “O custo não difere muito do apartamento de três dormitórios, se considerarmos áreas úteis iguais”. Senra ressalta ainda que imóveis até R$ 350 mil estão dentro da faixa permitida para ter financiamento do Sistema Financeiro da Habitação (SFH).

Alto padrão 

Considerando o público de alto poder aquisitivo, o mercado traz apartamentos de quatro e cinco dormitórios de área útil entre cerca de 300 m² até quase 600 m².

Os preços estão na faixa de R$ 600 mil a mais de R$ 3 milhões. O mais caro é Europa, de 4 dormitórios, área útil de 390 m², lançado em Santana pela MAC. O diretor de Projetos da empresa, Carlos Erlichman, explica que o conceito do produto é permitir que o consumidor individualize o lay out interno da unidade, que foi desenhado para essa possibilidade. “Além disso, o memorial descritivo padrão envolve acabamento de alta qualidade” .

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.