17/07/2013

Apartamento cosmopolita e sem excessos

Apartamento cosmopolita e sem excessos

Fonte: Revista do ZAP

Reforma geral de uma cobertura prioriza ambientes amplos, decoração essencial e fluida para atender ao desejo da família

Amplitude, sem muitos móveis e com uma circulação livre e fluida. Este foi o pedido dos clientes à arquiteta Juliana Pippi, de Florianópolis para a reforma na cobertura de 350 metros quadrados, que durou cinco meses. O piso e a abertura do lavabo foram modificados e um banheiro de serviço foi construído. Além disso, foi executado todo o deque do terraço. 

 apartamento

 

“Dos móveis antigos mantivemos a estrutura do closet, a cabeceira da cama do casal e uma bancada da cozinha. O restante foi totalmente projetado sob medida para a família”, diz a arquiteta.

O apartamento, que tem três suítes além da brinquedoteca, cozinha, lavanderia, living com jantar e copa integrados e lavabo, mantém contato com duas áreas de terraço: a maior tem um SPA aquecido e um lounge e a outra dá para a suíte do casal e do filho.

As cores, segundo Juliana, são o destaque no projeto. O roxo compõe muito bem com os tons de bege e marrom e ainda com as pinceladas de amarelo na sala. Uma das preocupações do projeto era a utilização de LED em todos os ambientes. Painéis com iluminação indireta criam um cenário mais aconchegante em todos os espaços. 

“Considero o projeto cosmopolita e muito clean, com decoração bem pontual”, ressalta a profissional.

Primeiras impressões
Juliana diz que quando visita os clientes pela primeira vez já tenta absorver o estilo deles e também reconhecer peças bacanas que eles gostem para poder tirar partido delas e compor algum móvel ou ambiente da casa.

Com estes clientestambém aconteceu assim. Antes deles casarem, ambos faziam coleção de palhaços separadamente. Quando se conheceram melhor descobriram essa coincidência engraçada e a coleção se tornou muito especial para eles. 

“Como adoro utilizar na decoração objetos carregados de lembranças e sentimentos, resolvi valorizar a coleção unificada dos dois e projetei um móvel para a sala onde eles estão devidamente expostos, alegram e decoram.”

 apartamento

 

Próximo do jantar, a arquiteta criou um canto com bancada que funciona como copa para refeições rápidas durante o dia. Quando necessário, atende também como bar, já que a adega fica ali 

 apartamento

 

O piso da área social é porcelanato extragrande com acabamento acetinado. No geral, predominam os tons bege e marrom. Na opinião da arquiteta, eles tornam os ambientes mais aconchegantes e combinam bem com outras cores utilizadas no projeto, como o roxo e amarelo

 apartamento


 

A cozinha ganhou pastilhas na cor capuccino e uma cristaleira em vidro toda iluminada com LED 
 
O terraço é amplo e uma das áreas desse espaço – a que tem relação com o social – abriga um spa e um lounge para maior conforto da família
 
A TV da brinquedoteca e o DVD foram posicionados para que a prórpia criança possa manusear

 apartamento

 

Os donos da casa queriam que a brinquedoteca fosse prática e lúdica para que o filho curtisse ficar por lá. Para isso, a arquiteta ambientou o espaço com um futon para momentos de leitura e ainda criou uam bancada sob medida para o menino desenhar

A profissional
Arquiteta Juliana Pippi
(48) 3225- 3974

Leia mais:
>> Prisão do século XIX é transformada em hotel de luxo na Holanda
>> Saiba quais são os 10 hotéis mais altos do mundo
>> Apartamento de solteiro valoriza a área de convívio para recepções

Tags: arquitetura

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.