11/02/2014

Apartamento de um quarto impulsiona vendas em São Paulo em 2013

Lançamento de unidades residenciais cresceu 16,4% no ano passado, segundo o Secovi

Fonte: ZAP Imóveis

Lançamento de unidades residenciais cresceu 16,4% em 2013, segundo o Secovi

São Paulo teve 33.198 lançamentos em 2013 (Fotos: Thinkstock)

O Secovi-SP (Sindicato da Habitação) divulgou nesta terça-feira (11) o balanço do mercado imobiliário do ano de 2013. De acordo com os economistas do sindicato, as vendas cresceram 23,6% em São Paulo. Já o volume de lançamentos de unidades residenciais cresceu 16,4%, com 33.198 unidades em 2013 contra 28.517 lançadas em 2012.

Quer receber mais dicas de decoração e mercado? Clique aqui e cadastre-se

A maior impulsão de vendas deve-se à construção de apartamentos com um dormitório. Foram vendidas 8.391 unidades em 2013, frente às 4.202 do ano anterior. Isso representa 25,2% do total de apartamentos vendidos no ano.

O Secovi espera que o preço dos imóveis fique estabilizado para o ano de 2014. “A cidade de São Paulo teve um desempenho muito bom em 2013. A expectativa de crescimento era de 10% e acabou chegando em 30%. Em 2014 esperamos que haja uma estabilidade”, afirma o presidente do Secovi-SP, Claudio Bernardes.

Apesar da alta nas vendas de apartamentos de um dormitório, as unidades com dois quartos ainda representam o maior número de comercialização com 44% do total de unidades construídas.

A tendência é que os preços fiquem estabilizados para 2014
A tendência é que os preços fiquem estabilizados para 2014

As regiões que tiveram maior concentração de lançamento foram Barra Funda, Itaim Bibi, Vila Andrade, Vila Mariana e Vila Prudente.

Com relação aos preços dos imóveis houve um aumento de 20% em 2013, principalmente pelos apartamentos com um dormitório. Segundo o Secovi-SP, a carência na locação desses imóveis e o preço dos terrenos impulsiona os valores. Hoje, o valor médio do m² em São Paulo custa R$ 8,7 mil.

Região metropolitana – A região metropolitana de São Paulo registrou um aumento de 3% em lançamentos residenciais em 2013, com 58.143 unidades, com relação ao ano passado.

Já as vendas cresceram 14,7% neste ano. Foi um total de 58.370 unidades vendidas, contra 50.903 no ano de 2012.

5 Comentários

  1. Esses “studios” vão encalhar. Só quero ver a hora que todos os que começaram a construir nos últimos meses ficarem prontos. Corretor vai ter que ralar pra convencer os “investidores” à repetirem o investimento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.