15/07/2014

Aprenda a cuidar do seu bicho de estimação no inverno

Período mais frio do ano pode afetar a saúde do animal. Prevenção começa dentro de casa

Fonte: ZAP Imóveis

Você sabia que, durante o inverno, até os animais de estimação podem ser vítimas de doenças respiratórias?  De acordo com Letícia Tortola, médica veterinária da Mogiana Alimentos – Guabi Pet, a traqueobronquite infecciosa canina, também conhecida como tosse dos canis, é um dos males que costuma ameaçar a saúde dos cachorros durante esse período do ano.

Aprenda a cuidar do seu bicho de estimação no inverno
Cobertores, roupas e iglus ajudam garantir o conforto térmico dos bichos (Fotos: Shutterstock)

Saiba qual é o cachorro de estimação ideal para cada imóvel

Saiba como proteger seu bicho de estimação dos fogos de artifício

A boa notícia é que a prevenção começa dentro de casa. Além de manter a agenda de vacinas em dia e contar com o cuidado de um especialista, os donos podem zelar pela saúde de seus bichinhos com algumas atitudes simples, como evitar que o animal durma em contato direto com o piso frio e oferecer a ele mais conforto térmico.

A sugestão de Letícia para essa situação é colocar uma tábua de madeira forrada no cantinho preferido do bicho. E isso serve tanto para cães como para os gatos, que também podem sentir os efeitos do tempo frio.

De qualquer forma, vale acrescentar que a tosse dos canis deve ser tratada por um médico veterinário, pois pode levar à pneumonia. A melhor forma de evitar essa enfermidade é a vacinação.

Aprenda a cuidar do seu bicho de estimação no inverno
Ao contrário dos gatos, alguns cães aceitam bem as roupas de frio, que ajudam a amenizar o desconforto no inverno

Outras doenças e cuidados – Cães que sofrem de problemas como artrose, hérnia de disco e calcificação na coluna costumam apresentar mais desconforto e dores durante o inverno. Por isso, assim como os humanos, eles precisam de alternativas que os mantenham aquecidos.

Para Letícia, o ideal é deixar os bichos em locais mais quentes e disponibilizar cobertores, roupas e iglus – para os bichos que circulam dentro do imóvel – e casinhas – para aqueles que vivem no quintal. Mesmo assim, se o pet apresentar dores, dificuldade de locomoção ou até mesmo para se levantar, a indicação é procurar um médico veterinário.

A especialista diz ainda que os banhos regulares devem ser evitados nesse período do ano. A recomendação dela é aumentar o intervalo entre a lavagem do cãozinho, escolhendo dias e horários mais quentes. A temperatura da água deve ser morna e os pelos precisam ser bem secados. Vale também manter a pelagem mais longa durante essa época.

Os cuidados com a alimentação também devem ser redobrados nessa estação, já que, para manter a temperatura corporal do pet, é necessário que sua taxa metabólica aumente para produzir calor adicional. Contudo, Letícia lembra que alguns tipos de comida da alimentação humana podem ser tóxicos e não são recomendados para o consumo dos cachorros, tais como o chocolate, alho e cebola.

Aprenda a cuidar do seu bicho de estimação no inverno
Donos devem oferecer alimentação adequada e evitar produtos inadequados, como chocolate

A Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet) aponta que os donos de pets gastam até R$ 860 por mês na manutenção de um bicho. No entanto, quando eles descuidam do animal, esse valor pode triplicar.

 

Quer receber mais dicas de decoração e mercado? Clique aqui e cadastre-se

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.