03/09/2016

Aprenda a decorar sua casa com flores naturais

Confira também algumas dicas para aumentar o tempo de vida dessas espécies

Fonte: ZAP em Casa
Flores são bem-vindas em quase todos os cômodos. O importante é limpar o recipiente e trocar a água com frequência (Fotos: ThinkStock)

Não importa a estação. Flores naturais, das mais variadas cores e categorias, são sempre bem-vindas dentro de casa, pois dão mais charme aos ambientes e deixam qualquer espaço mais alegre.

Quer receber mais dicas de decoração e mercado? Clique aqui e cadastre-se

A boa notícia é que, segundo a arquiteta Ana Andrade, elas podem ser aproveitadas na decoração de quase todos os cômodos. Nas salas de estar e jantar são praticamente itens fundamentais, e combinam muito bem no hall, na cozinha, na varanda e nos banheiros. “Já nos quartos de casais, vale apostar em espécies que remetem ao romantismo”, sugere a especialista.

Flores com toque de romantismo para o quarto do casal

Baseada em sua experiência, Ana afirma que, normalmente, flores são boas escolhas para recepções e festas, como aniversários, jantares, Natal, dentre outros, e recomenda espécies de tons sóbrios para eventos e ambientes mais clássicos. Mesmo assim, arranjos coloridos também são sempre muito bem aproveitadas.

Flores também podem decorar a cozinha, mas precisam de atenção especial por conta do vapor

Na visão do arquiteto e consultor da Futura Tintas, Carlos Galbe, os tons das paredes da casa ou do cômodo precisam ser considerados na hora da ornamentação. “Antes comprar plantas, observe bem as cores que predominam no ambiente em que você pretende colocar o arranjo. O ideal é utilizar apenas dois ou três tipos de espécies, em tom sobre tom”, aconselha o especialista.

Como dica, ele cita a calêndula, amor perfeito, begônia, cravina e as variedades de cravos, tulipas e rosas como espécies ideais para paredes pintadas em tons mais vivos, como amarelo, tomate e rosa. Já azaleias, hortênsias e margaridas combinam com tons mais frios, como azul, berinjela e lilás.

Moderação – Os arquitetos concordam que, se usadas em excesso, as flores podem deixar a decoração carregada. “Se o ambiente já tem muitos objetos, é mais apropriado utilizar arranjos e vasos menores”, diz Ana. Além disso, é importante ficar atento ao estado de conservação dessas plantas, pois elas podem murchar com muita facilidade, comprometendo a beleza da ornamentação.

Flores plantadas exigem cuidado especial. É preciso manter a terra sempre úmida.

Com base nos depoimentos de especialistas do site Flores Online, serviço de entrega de arranjos e buquês, o ZAP Imóveis listou algumas dicas para aumentar o tempo de vida das espécies. Confira:

– Preserve as flores em locais arejados e frescos, mas evite deixá-las em ambientes com ar condicionado, pois desidratam rapidamente. Não exponha diretamente ao sol e ao vento;

– Limpe o vaso e troque a água com frequência, e elimine pétalas e folhas que forem perdendo beleza;

– Conserve o buquê em água e elimine folhas secas. Diariamente, faça cortes diagonais de aproximadamente dois centímetros nos caules;

– Abasteça os arranjos florais diariamente com água;

– Certifique o estado da terra das flores plantadas, mantendo-a sempre úmida (mas, não encharcada).  Evite o acúmulo de água no prato de apoio.

17 Comentários

  1. Olá Genaina. A reportagem cita alguns exemplos, mas você pode usar o seu gosto pessoal também. Não esqueça de verificar a questão das cores (indicada pelo arquitetora citado na matéria) e a conservação das espécies. Obrigada pelo contato!

  2. Olá Alba, como vai? O especialista citado na matéria diz que espécies como calêndula, amor perfeito, begônia, cravina e as variedades de cravos, tulipas e rosas combinam com paredes pintadas em tons mais vivos, como amarelo, tomate e rosa (onde entra o coral). Mas vale usar também o seu gosto pessoal. A dica é não exagerar ou carregar o ambiente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.