21/12/2012

Aprenda como conviver bem morando em uma república de estudantes

Manter seu espaço limpo é um passo fundamental para não criar um atrito com quem divide apartamento com você

Fonte: ZAP Imóveis

Negociar as regras no começo pode ajudar a evitar conflitos. Converse com seus companheiros de casa para definir quem é responsável por cada atividade

Dividir a jornada de trabalho com a de estudo é uma tarefa que demanda bastante tempo e esforço do jovem universitário. Quem sai da casa dos pais para morar perto da faculdade ainda precisa encarar o compromisso de cuidar do próprio lar. Quando a moradia é dividida com amigos, aí que o desafio fica mais difícil. Conviver bem diariamente com alguém que amamos já pode ser difícil, imagine com um outro estudante que acabou de conhecer? É preciso muita flexibilidade e respeito mútuo.

Mantenha a casa limpa para evitar atritos com a pessoa que mora com você (Foto: Divulgação)

“Combinar como será o jogo é a primeira questão que deve ser resolvida. É preciso alinhar com os colegas de casa como as regras vão funcionar em relação a horário, limpeza e quem vai ficar com a chave quando alguém sai, por exemplo”, orienta Fátima Motta, professora doutora do núcleo de gestão de pessoas da ESPM e sócia-diretora da FM Consultores.

Manter seu espaço limpo é um passo fundamental para não criar um atrito com quem divide apartamento com você. Tente entrar em acordo com seus colegas de república a respeito de quem irá organizar as áreas em comum. Cada um pode ficar responsável pela própria louça, ou então podem dividir: um lava e seca e o outro tira o lixo e varre a casa, por exemplo. O importante é que as regras sejam bem negociadas antes que os problemas surjam, para que cada um saiba o que tem que fazer.

A maneira de lidar com as contas também é algo que deve ser avaliado antes de fechar o negócio, para que não haja surpresas como falta de luz ou água. Despesas em relação à comida também devem ser pré-definida. Os alimentos que forem de consumo comum podem ficar em um determinado espaço da geladeira.

Mantenha um bom relacionamento com a pessoa que divide o apartamento com você (Foto: Banco de imagens/Thinkstock)

Passar horas no banho, fora o desperdício de água, não é uma atitude bacana quando seu companheiro de casa está esperando você liberar o chuveiro para que ele se arrume para ir fazer uma prova. Boa comunicação é sempre importante para evitar desentendimentos, portanto vocês podem avisar um ao outro quando têm certa urgência em usar algum dos cômodos do imóvel.

Barulho é uma das principais queixas de vizinhos de universitários, segundo Juliana Bitencourt, da administradora de condomínios Grupo Lema, em Santa Catarina. Porém, não são só os que moram no apartamento ao lado que podem se incomodar. Os próprios companheiros de casa necessitam de silêncio algumas vezes, portanto é preciso entender o limite que deve ser respeitado.

Se você pretende levar amigos ou uma namorada, é importante que isso seja de comum acordo com a pessoa que divide o quarto com você. Ambos precisam se sentir confortável em casa, portanto é preciso incluir esta questão nas regras da casa. Com acordo comum entre as partes, é muito mais fácil dividir um apartamento.

3 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.