28/05/2012

Aromatização: veja os tipos de difusores e faça uma receita caseira de aroma

Aromatização: veja os tipos de difusores e faça uma receita caseira de aroma

Fonte: Revista do ZAP

Para os óleos essenciais, os mais usados são os elétricos. Para as misturas, os difusores mais comuns são os com palitos de madeira. A variedade também está nos perfumes

No mercado há diversos tipos de difusores destinados à aromatização de ambientes. Para os óleos essenciais, os mais usados são os elétricos. Eles aquecem o óleo, emanando o aroma e as propriedades medicinais. Para as misturas, os difusores mais usados são os com palitos de madeira, cada vez mais populares. Embebidos, os palitos aromatizam o ambiente por cerca de cinco horas.

Divulgação

Difusor em palitos

A variedade também está nos perfumes – assim como no mercado de moda e decoração, os aromas também têm tendências. Com a chegada do frio, estão em alta os óleos e essências de canela, manjerona, sândalo, capim-limão e âmbar. Os clássicos cheiros de lavanda e rosa nunca saem de moda.

Divulgação


 Velas aromáticas


Os difusores encontrados no mercado:
Palitos: uma parte dos palitos de madeira ficam dentro de um frasco com o líquido aromático. Devem ser invertidos ao menos duas vezes ao dia
Spray: geralmente usado para direcionar o aroma em objetos e tecidos
Via USB: aparelho semelhante a um pen drive, ele recebe quatro gotas de essência para cada 24h. Basta conectar no USB do computador
Aerossol: disfarça odores. É pulverizado no ambiente
Gel: é fixado em uma base própria. Pode ser colocado sobre móveis
Spray automático: pode ser fixado em móveis e paredes. Libera o aroma automaticamente, em intervalos regulares
Sachê: clássicos, podem ser recheados com sagu, algodão, serragem ou fibra siliconada aromatizados. São colocados em gavetas e armários
Pulverizador: usado em ambientes, emana gotas finas
Velas: podem ser aromatizadas ou servir para aquecer uma base de porcelana em que se coloca a essência
Elétrico: o aparelho recebe a essência diluída ou concentrada e é aquecido ao ser conectado na tomada
Porcelana: objetos em porcelana recebem um tratamento especial, servindo como difusores de aromas sem aquecimento

Receita caseira de aroma
– 1 frasco de vidro de 200ml
– 100ml de água destilada
– 100ml de álcool de cereal
– 30 gotas de óleo essencial
– Varetas de madeira (tipo palitos de espetinho)
Preparo
1. Coloque o álcool de cereal no vidro e acrescente o óleo essencial.
2. Por último, coloque a água destilada.
3. Feche o vidro e misture com suavidade.
4. Deixe por três dias descansando e depois abra o frasco, colocando as varetas para umidificar.
5. Vire as varetas sempre que houver necessidade de aromatizar o ambiente.

Fonte: Claudia Emmendorfer Obenaus – www.claudiaroma.blogspot.com.br



Leia mais:
>> Aromaterapia ajuda a transformar o ambiente
>> Aromas dão personalidade aos ambientes de casa e criam boas sensações

Tags: arquitetura

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.