20/05/2011

Arquiteta italiana projeta um loft de 22 metros quadrados com móveis e ambientes embutidos

Partículas de madeira e cimento resistente servem de suporte para a criação de nichos e armários (Foto: Lucia Carretero)
Partículas de madeira e cimento resistente servem de suporte para a criação de nichos e armários (Foto: Lucia Carretero)

Contornar a falta de espaço cada vez mais comum nos imóveis das grandes cidades. Foi o que fez a italiana Barbara Appolloni ao desenhar um loft de cobertura em Barcelona, de 22 metros quadrados, onde mora. Das paredes e móveis saem novos ambientes.

Arquiteta cria estrutura para embutir móveis, como esta cama (Foto: Lucia Carretero)
Arquiteta cria estrutura para embutir móveis, como esta cama (Foto: Lucia Carretero)

A inspiração veio do jeito dinâmico de morar de seu cliente, Christian Schallert. O conceito de loft é perfeitamente aplicável aos que assumem esse estilo de vida e não têm muito tempo para ficar em casa, afirma.

Prateleiras também estão embutidas na parede (Foto: Lucia Carretero)
Prateleiras também estão embutidas na parede (Foto: Lucia Carretero)

A seleção de texturas dos materiais aplicados na reforma é o maior exemplo da tradução do estilo e desejos de Christian. Os painéis de viroc, uma mistura de partículas de madeira e cimento de alta resitência, foram aplicados em quase todas as paredes e piso da casa. Sobre essa eles foi construída uma nova estrutura de madeira compensada, o que abriu espaço para uma ampla variedade de armários e nichos. Já o teto, rebaixado e revestido com madeira, ganhou iluminação direta e embutida para valorizar o ambiente.

Com localização privilegiada, a casa possui ainda um terraço de 28 metros quadrados que conta com uma bela vista para a cidade. Ali foram construídos nichos para acomodar a máquina de lavar e a secadora. A banheira, ao ar livre, e o imenso sofá-cama foram construídos para criar um espaço de encontro e relaxamento.

No terraço da casa, sofá-cama para descansar e receber visitas (Foto: Lucia Carretero)
No terraço da casa, sofá-cama para descansar e receber visitas (Foto: Lucia Carretero)

Pequenos detalhes de uma decoração minimalista revelam o lado prático do morador. As cadeiras passeiam da cozinha para o quarto e exploram o uso de bancadas embutidas nas paredes. A marcenaria limpa e em tons claros ajuda a ampliar o espaço reduzido. E as portas basculantes das bancadas, armários e nichos guardam eletrodomésticos, eletrônicos e também escondem cozinha e banheiro.

LEIA MAIS:

Pequenos objetos na decoração de seu espaço profissional podem revelar detalhes de sua personalidade

Móveis e ambientes revelam suas facetas ocultas

5 Comentários

  1. Nossa primeiramente ela esta de parabéns mas esse loft é bem diferente , eu não gostaria de mora “” neste loft “” me sentiria um passaro na gaiola. atts ,

  2. enbutir pode parecer legal mas para enbutir voce usa o mesmo de um movel so oque fez foi alinhar o mesmo as paredes laterais, isso nao é inbutir e sim alinhar os moveis ao espaço

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.