11/02/2007

As listras percorrem as paredes

Fonte: O Globo

Estampa clássica quebra a monotonia dos ambientes, sem pesar no bolso

O GloboZap o especialista em imóveisVeste a parede no espaço do home-theater destinado à mesinha de jogos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Celebrizadas no vestuário pela grande costureira francesa Coco Chanel, as listras agora estão atravessando as paredes. Monocromáticas ou multicoloridas, elas dão uma cara moderna à decoração sem pesar no bolso. Com ajuda de uma fita crepe, o próprio morador pode se arriscar a fazer um painel. Além disso, quando listrada, a parede dispensa obras de arte, mais onerosas.

O GloboZap o especialista em imóveis

Com listras de diferentes espessuras pintadas de azul-marinho, a arquiteta Roberta Moura quebrou a monotonia das paredes de uma área externa de um antigo apartamento térreo em Ipanema. E um espelho atrás de um canteiro de plantas duplicou as listras, dando a sensação de maior profundidade. O espaço, antes usado para serviço, ganhou função de estar, conta Roberta:

O GloboZap o especialista em imóveis

 

 

 

 

 

 

 

 

— As listras preencheram a parede, já que na parte descoberta não poderíamos usar quadros, pois ficariam expostos ao sol e à chuva. Uma escultura de ciclistas na parte coberta foi o único detalhe adicional.

O GloboZap o especialista em imóveis

A decoradora Alessandra Amaral também lançou mão das listras horizontais pintadas na parede do quarto de um menino de 4 anos. Ela lembra que a dona da casa queria um ambiente colorido, mas sem se prender a um tema, como é de praxe nos quartos infantis, para que a decoração tivesse vida longa.

— Além disso, o pé-direito desse imóvel é bem alto, e a cama escolhida pela moradora é baixa, grande e sem cabeceira. As listras ocuparam o espaço vazio, fazendo as vezes de cabeceira da cama — explica Alessandra.

A composição tem linhas de diferentes espessuras nas cores verde, azul e, sutilmente, vermelha. Na parede oposta, ela é repetida, do chão à altura de 70 centímetros. O trabalho é das artistas plásticas Andrea Guerreiro e Carina Acatauassú.

Atentas à moda, as fabricantes de papéis de parede já oferecem uma variedade de estampas com listras. Um modelo da Orlean, listrado de branco, cinza e tons marrom, foi a escolha da designer de interiores Angela Medrado para demarcar um pequeno espaço, num home theater, destinado a jogos.

— É um cômodo estreito e comprido. Com um revestimento de parede diferente, pudemos diferenciar os dois espaços integrados — destaca Angela, para quem as listras horizontais estão mais em alta que as verticais, seguindo a tendência de sofás, camas, racks e aparadores mais baixos e largos.

O GloboZap o especialista em imóveisParedes, dão ao quarto de bebê um ar contemporâneo. E lúdico também

Mas as listras horizontais não reinam absolutas. Para o quarto de um bebê, o arquiteto Luiz Marinho criou um painel que vai da metade da parede ao teto, feito de MDF, com listras verticais e diagonais pintadas de diferentes tons de verde, azul e amarelo:

— A idéia foi criar uma decoração contemporânea, mas ao mesmo tempo lúdica. E com a preocupação de usar cores que não agitassem o bebê.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.