21/11/2012

Bairro da Copa 2014 tem alta de 54% em valor de imóvel

Fonte: ZAP Imóveis

Imóveis usados no bairro de Itaquera, na zona leste de São Paulo, sofreu aumento de 54,36% em seis meses, aponta Creci

Bairro da Copa 2014 tem alta de 54% em valor de imóvel
No bairro localizado na zona leste da Capital, o valor do metro quadrado passou de R$ 2.272,66 para R$ 3.508,06 (Foto: Banco de Imagens / Think Stock)

A construção do estádio chamado popularmente de Itaquerão, que vai ser a sede dos jogos da Copa do Mundo de 2014 em São Paulo, já teve impacto no mercado imobiliário da região.

Segundo pesquisa do Creci (Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo), no primeiro semestre do ano, entre janeiro e julho, o preço das casas de dois dormitórios localizados no bairro de Itaquera aumentou 54,36%. O valor do metro quadrado passou de R$ 2.272,66 para R$ 3.508,06.

Já nos apartamentos, o reajuste foi menor em relação às residências. Em imóveis de dois dormitórios, o preço do metro quadrado subiu 14,86% – de R$ 2.658,49 para R$ 2.826,40 –, enquanto os de três dormitórios tiveram valorização de 17,93%, com o valor atingindo R$ 3.333,13.

Dos quatro tipos de imóveis usados em que a comparação dos preços foi feita, apenas um teve queda – casas de três dormitórios que eram vendidas no início do ano por R$ 2.400,62 custavam R$ 2.213,51 em julho, 7,79% a menos.

“As pessoas sabem que a região vai receber obras de infraestrutura e melhorias urbanas e isso acaba provocando uma antecipação da valorização futura dos imóveis, cujos limites vão sendo testados à medida que essas melhorias vão se materializando”, explicou José Augusto Viana Neto, presidente do Creci, em nota.

Bairro da Copa 2014 tem alta de 54% em valor de imóvel
Itaquerão (Foto: Divulgação)

Ele acrescenta que neste caso não há contradição entre preços em alta e vendas em queda. “À medida que se convencem de que a valorização vai ocorrer, os proprietários dificilmente expurgam do preço atual o custo futuro mesmo que a demanda seja ainda incipiente ou abaixo da expectativa, o que gera esse aparente paradoxo”, completou.

“Ninguém é bobo, e eles, donos de imóveis, sabem ou intuem que Itaquera vai ser uma região muito mais valorizada do que hoje no futuro próximo”, selou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.