18/10/2010

Bambu: natureza em sua casa

Fonte: Jornal da Tarde

Versátil e durável, o bambu é um material que vem sendo cada vez mais usado por arquitetos em projetos de construção. Além dessas características, a fibra natural também é valorizado por conta do apelo de trazer proximidade com a natureza.

“O bambu e uma série produtos naturais, como pedras e madeira, por exemplo, são cada vez mais procurados porque as pessoas, no geral, estão afastadas da natureza. Elas querem trazer para suas casas elementos desse tipo para ter uma sensação de bem-estar”, explica a arquiteta Letícia Ruivo.

Segundo ela, a fibra natural tem boa textura, é resistente e tem um visual bonito para ser usado em várias situações. Letícia lembra que o bambu traz também uma sensação de aconchego aos lugares onde está presente. “Quando usado como revestimento, ele transmite uma sensação de proteção e proximidade com a natureza. As pessoas têm uma sensação agradável em ambiente com esse revestimento, mas não se dão conta até que são avisadas do motivo.”

A especialista conta que a planta era muito usada em projetos de paisagismo, porém passou a se empregada também na parte estrutural das construções.

O designer de interiores Fábio Galeazzo, autor do projeto que ilustra essa página, destaca as diferentes aplicações para o material. “O bambu é de fácil manuseio, o que permite várias utilizações tanto para parte estrutural, quanto como item decorativo”, explica. “É possível, por exemplo, construir a viga ou forrar a parede”, acrescenta ele.

O arquiteto Fábio Galeazzo usou o bambu, que ele considera um material versátil, para revestir as paredes do projeto de terraço gourmet (Foto: Fabio Galeazzo/Divulgação)
O designer Fábio Galeazzo usou o bambu, que ele considera um material versátil, para revestir as paredes do projeto de terraço gourmet (Foto: Fabio Galeazzo/Divulgação)

Mistura de materiais:
No projeto de Galeazzo de terraço gourmet chamado África, o profissional optou por revestir as paredes com o material. O objetivo da obra, de acordo com ele, foi misturar materiais rústicos, como o bambu, com outros mais nobres, com pastilhas italianas para criar um ambiente sofisticado, mas sem ostentação.

“O bambu pode ser usado na construção de pilares, vigas, telhados e na parte estrutural”, completa Galeazzo. Na parte decorativa pode ser usado para revestimento de paredes, em móveis e laminados, entre outros, completa o designer.

Para ser aplicado corretamente, a planta deve estar madura e ter passado por um tratamento prévio. O ideal é contratar um arquiteto para calcular as medidas do material e a proteção indicada, pois ele não pode ficar em contato com terra ou umidade.

“O bambu tem boa durabilidade e, geralmente é vendido com tratamento especial, por isso a manutenção é fácil”, explica a arquiteta Adriana Helu, da Triplex Arquitetura. “Em nossos projetos, costumamos usar como revestimento de parede, pois ele traz a sensação de aconchego para os ambientes e fica equilibrado com itens mais modernos e frios”, exemplifica ela.

Com tantas aplicações, a compra do material deve ser sempre orientada por profissionais que conheçam bons fornecedores. “O bambu precisa ser autoclavado, ou seja, passar por um processo de esterilização que o aquece a mais de 200°C, além de passar pelo tratamento contra pragas”, explica Galeazzo.

“Na arquitetura, alguns cuidados como protegê-lo da chuva e mantê-lo longe do chão são essenciais. Já quanto à limpeza, o melhor é usar um pano seco ou úmido”, diz o designer.

DICAS:
>> O bambu é leve, fácil de manipular, de transportar e aceita vários tipos de tratamento, como resina, verniz e tinta.

>> Pode ser usado na construção de pilares, vigas e telhados, na parte estrutural, e para revestimento de paredes, em móveis e laminados, na área decorativa.

>> Para a limpeza, usa-se um pano seco ou úmido. Para conservação, é preciso aplicar verniz a cada dois anos. Na área externa, é preciso usar verniz naval.

LEIA MAIS:

No Arte de Portas Abertas, em Santa Teresa, peças decorativas que quebram a monotonia dos ambientes

Estudantes apresentam sala reformada com menos de mil reais

Para objetos à vista e ao alcance das mãos, com muito estilo

4 Comentários

  1. OLá Rosimeire Santana Tipos de colas usadas para colar o bambu diretamente no teto são :adesivo époxi adesivo de contato adesivo de cianoacrilato cola branca á base de pva

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.