02/05/2007

Banco se une ao corretor para emprestar mais

Fonte: O Estado de S. Paulo

O HSBC é outro banco estrangeiro que aposta firme no crédito imobiliário. A partir de hoje, começa a funcionar uma gerência do banco só para atender as imobiliárias. “A intenção é que cada corretor atue como um gerente da agência bancária”, diz o diretor de Crédito Imobiliário, Roberto Sampaio.

Além da aproximação com quem vende imóveis, o banco criou em 2006 duas gerências para atender as construtoras. Como o Santander, o banco quer atrair, com oferta de serviços, quem ainda não usa o crédito imobiliário. “Oferecemos um plano com prestação fixa e serviço de despachante, que reduz o prazo da operação de 45 dias para 30 dias corridos.”

Satisfeito com o desempenho do primeiro trimestre no crédito imobiliário, Sampaio acredita que vai superar a meta de produção de R$ 1 bilhão de empréstimos a empresas e consumidores neste ano. Em 2006, foram R$ 650 milhões. Hoje, mais de 90% da carteira são de empréstimos pós-fixados e menos 10% de prefixados. A intenção é ampliar a fatia dos financiamentos com prestação fixa.

A Caixa Econômica Federal acaba de fechar um acordo com a imobiliária Itaplan para que a corretora seja correspondente imobiliário. O superintendente da instituição em São Paulo, Augusto Bandeira Vargas, diz que o banco já tem 41 convênios assinados com imobiliárias do interior de São Paulo.

“A tendência é ampliarmos esse modelo para dar mais agilidade na aprovação do crédito.” Com uma carteira de crédito prevista para este ano em R$ 90 bilhões, 20% se referem ao crédito imobiliário. “O crédito para a compra da casa própria é o que mais cresce.”

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.