24 Comentários

  1. Falta de respeito dos condôminos para com os vizinhos, não cumprimento das regras estipuladas na Convenção Condominial e falta de autoridade do Síndico para fazer cumprir a Convenção são os grandes problemas para quem mora em condomínio.Ailda gabler

  2. não é só em condominio a falta de respeito e geral, tem gente que não tem a minima noção do bom senso,ontem por exemplo os vizinhos de frente começaram a fazer churrasco às 23,30. me diz se é hora de começar a fazer motim? tudo bem era sabado a noite mais vamos concordar que hoje em dia não se tem um dia especifico para folga na grande maioria se trabalha no domingo e cedo. e como não bastece foram cantar em karaoke. ate altas horas da manhã, sabe à que horas os bonitos acordarão? eram exatamente 14,00 horas, me diz numa rua em que a distancia de uma casa para outra entre calçada e rua é de no maximo 5 passos, que vai conseguir descançar? o bom senso seria ÒTIMO.

  3. Moro em apartamento há mais de 20 anos, e ainda fico impressionado com quase absoluta incapacidade que muitas pessoas tem de dividir espaços e assumir responsabilidades. Acho que cidadania começa por aí, pelo respeito ao espaço e à liberdade do outro.

  4. Bom Dia!Excelente reportagem sobre o assunto, já que fui síndico várias vezes, e, infelizmente existem problemas relacionados aos moradores que desconhecem direitos e deveres em comunidade, e, portanto, acabam por gerar conflitos de ordem grave ou gravissíma, que acabam em agressões verbais ou violência física. Hoje estou novamente cumprindo novo mandato em função de ninguém no condomínio querer assumir tal função.Irei meu utilizar de desta excelente reportagem, e fazer a mesma circular cópia) para os condôminos (14).Assim sendo, mais uma vêz parabéns pela reportagem.Atenciosamente.Walter Console.Advogado

  5. Gostaria de saber se a quem cabe decidir sobre a proibição ou permissão para criar animais de estimação, como cachorro ou gato.

  6. Discordo sobre sobre essa afirmação ( advogado José Henrique Beauclair, do Secovi Rio, a reclamação mais recorrente é sobre a falta de qualificação dos empregados dos condomínios, que não sabem como agir diante de um conflito entre vizinhos) o problema maior é que os SINDICOS jogam, empurram,passam esses problemas para os funcionários e nao é deles tal responsabilidade…. se esse conhece a lei de condominios deve saber que cabe ao SINDICO “CUMPRIR E FAZER CUMPRIR” Todas as leis… como Convenção, Regimento Interno, Decisão de Assembléia e leis pertinentes…. Os SINDICOS NAO QUEREM SE ENVOLVER.. pois eles precisam dos votos desses condôminos pra se reelegerem….. VAMOS DEIXAR DE SER HIPÓCRITAS sobre esse assunto…. Outrossim……. Os Condôminos e moradores preferem despejar sua raiva, ira, decepções emn PORTEIROS… pois eles são o lado mais fraco da escala…. Quando ficam frente a frente ao SINDICO… parecem mocinhas inocentes….. tomam atitudes contrarias a que tomam com os PORTEIROS…. SÃO HIPÓCRITAS… empurrando também o problema para os funcionários do condominio…… HÁ sim funcionarios incapacitados, como há também em outros setores… mas ouça os funcionarios primeiro antes de julga-los como fazem esses hipócritas que ficam só no ar condicionado e nao entendem nada de CONDOMINIO….. é mais facil jogar a culpa nos funcionarios do que em condominos que tem posição social, grana, e esses mesmos que criticam os funcionários de condominio… dependem deles (condôminos)…. Pare e se informe porque funcionarios de condominios nao andam fazendo mais nada sobre esses assuntos…. já estão cansados de tentar ou resolver problemas de SINDICOS… E ZELADORES….. e serem depois criticados, odiados por todos…. SE INFORME ANTES DE FAZER CRITICAS SEM O DEVIDO CONHECIMENTO………..

  7. Olha,Este tema é muito bom e eu gostaria de ressaltar que, considerando-se a cidade do Rio de Janeiro, isto se torna um pouco mais grave. O jeito boêmio e “easy go” do carioca o torna um pouco mais indolente, fazendo com que a noção de de deveres e direitos desapareça! Moro em um condomínio extremamente barulhento onde a cervejinha da sexta-feira a noite, no espaço gourmet, se extende normalmente até 01 hora da madrugada, com gritos e gargalhadas que são um absurdo! Ao procurar o síndico para trocar uma idéia sobre o fato, ele me falou que: “Me desculpa, mas é o jeito carioca de ser!!”. Acbei de passar 01 ano trabalhando em Porto Príncipe, uma cidade que deve ser,no mínimo, uns 100 anos atrasada em relação ao Rio, mas sabe de uma coisa curiosa: em relação à educação, os cariocas estão bem próximo daquele povo ( que parece um pouco tribal ainda, principalmente em relação às questões de trânsito e convivência em condomínios!!). Fazer o que, sou carioca da gema, amo esta cidade e um dia, espero que consigamos ter um pouco mais de respeito com o vizinho!!Ótima matéria, continuem abordando o tema, talvez ajude um pouco a ficha cair!!

  8. É um problema sem solução.Ter vizinho é um problema, principalmente quando “esse tal” resolve se considerar “alguém” que “pode” interferir no seu comportamento. Ai não dá mesmo. Tive uma experiência assim uma vez. Precisei buscar ajuda da polícia.

  9. No intuito de minimizar os problemas de condomínios um grupo de especialistas em diversos seguimentos se reuniu e criou a primeira cooperativa de síndicos e gestores condominiais do Brasil, trata-se da UNISINDI – Cooperativa de Síndicos e Gestores Condominiais do Estado do Rio de Janeiro.A UNISINDI apresenta como forma de minimizar problemas nos condomínios a melhor capacitação daqueles que estão na posição de síndicos, além de prestar assessorias em diversos seguimentos, visando a redução da cotas condominiais.Outra oferta da UNISINDI são seus próprios síndicos profissionais que podem resolver o problema daqueles condomínios que não se encontra quem possa se interessar pela ocupação do cargo.Veja mais em http://www.unisindi.com.brNelson ReisEngenheiro/AmbientalistaCooperado Unisindi

  10. Excelente reportagem. É bom que se debata mais sobre estes problemas que afligem quem mora em condomínios. O toc toc do salto alto da minha vizinha do andar superior se constitui numa verdadeira tortura todos os dias antes das 7 da manhã. Já reclamei de todas as reformas, só me resta agora buscar uma solução judicial.

  11. Acho que o principal problema dos condominios é a falta de educação, ja que todos se acham com direitos e ninguem com deveres.

  12. Questões pertinentes aos condomínios edilícios estão regulamentados no Código Civil, e outras legislações. Ocorre que nem os síndicos nem os condominos tem conhecimentos disso. Eles acham que é dizer OBA OBA, vamos brincar de fazer condomínio? e está feito. Não é exatamente assim, existem regras, e o descumprimentos delas podem trazer até prejuízos patrimoniais aos comunheiros.

  13. Olha, isso é muito complicado, moro no 4º andar e a minha janela da sala fica em frente a quadra de esportes, é um barulho ensurdecedor, uma gritaria total. Os adolescentes e crianças não tem noção do barulho que fazem, palavrão é normal, imagino quem mora no 1º andar.

  14. 2 x por semana tenho uma faxineira que limpa meu apto em horario comercial (9 as 18h) e a subsindica reclama toda vez que ela arrasta moveis, mas é necessario para limpeza do apto, arrastar cama, sofá…o que devo fazer?tudo é feito durante o dia e necessário!Me sinto perseguido por ela!

  15. Boa noite, Wellington:Coloque calços de feltro nos pés dos móveis e o barulho – QUE INCOMODA MESMO, E MUITO!- do arrastar móveis diminuirá sensivelmente. A solução é simples e barata, os calços adesivos são encontrados facilmente no comércio (de todos as medidas e formatos: quadrados, redondos e até em “fitas” de 5 metros). Boa sorte.Cláudio

  16. O BARULHO DEVE SER INFERNAL MAS MAIS INFERNAL SAO OS JORNALISTAS RACISTAS QUE SO COLOCAM FOTOS DE LOIRAS E LOIROS ATE PARECE QUE O POVO BRSILEIRO E BRANCO DESSE GEITO ISSO QUE ESUJESTIONAR AS PEESSOAS A PENSAREM QUE SO OS BRANCOS SAO RICOS E LINDOS IPOCRESIAAAA NOSSO POVO E MESTICO GRACAS ADEUSSS YAHOOOOOO

  17. Boa Noite:O tema do meu trabalho de conclusao é sobre os problemas maiores do condomínio hoje.Gostaria de saber se o barulho é mesmo um problema,ou é a inadimplencia?Grata, desde já.Queli Cristina.

  18. Tenho uma grande curiosidade que nunca vejo ninguem comentar. Fala-se muito em pôr o inquilino “pra fora” etc. como se este sempre fosse o vilão, mas já tive duas experiências horríveis com proprietários com carater duvidoso. Saliento que sou uma ótima inquilina, além de preservar o imovel, cuido como se fosse meu fazendo inclusive melhorias e que nunca foi ressarcida. E ai? Como agir quando o proprietário é “de carater duvidoso”?Na atual residência o proprietário que também é sindíco do predio, já chamou meu pai de velho e faz ignorancias inclusive não querendo que meu pai compre pão do padeiro de manhã por que ele não quer ser acordado. Detalhe, meu pai tem74 anos. Gostaria de auxilio pois ~há muito mais coisas acontecendo.

  19. Os animais racionais, mesmo sendo da mesma raça, vivem pior que os irracionais, de raças diferentes e/ou de mesma raça, quer conferir, vá ao zoológico condomínio fechado.

  20. Estou sendo multada em 500reais por ter estacionado por tempo que necessitei para transferir mercadoria de um carro meu para outro tambem meu na garagem de meu predio ,isto sem atrapalhar a passagem de nenhum condomino.Tenho 77anos de idade e fui abordada com gritaria pelo sindico,ao que revidei explicando que nao estava “estacionada”mas so passando compras de um carro para outro,sozinha carregando coisas pesadas.Negaram meu recurso e estao aplicando a multa numa pessoa idosa (77) que parece nao ter privilegio nenhum por ser idosa e sozinha. Infelizmente nao gravei a “conversa “com o sindico mas fotografei o local onde o carro precisou parar ,e que nao atrapalhava a passagem.O que posso fazer para nao pagar a multa injusta aplicada a um idoso?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.