05/04/2013

Berço em forma de bolha utiliza nanotecnologia para efeito autolimpante

Berço em forma de bolha utiliza nanotecnologia para efeito autolimpante

Fonte: Revista do ZAP

A superfície do Bubble Baby Bed, desenvolvido pela designer russa Lana Agiyan, elimina sujeiras e purifica o ar quando exposta ao sol

Além de inovar no formato, a designer russa Lana Agiyan utilizou nanotecnologia para o desenvolvimento do berço Bubble Baby Bed. Em parceria com um fabricante da Estônia, a profissional criou uma cobertura para o móvel cujo polímero líquido utilizado de base possui nanopartículas de dióxido de titânio que deterioram sujeiras e purificam o ar quando expostas ao sol.

Segundo informações da designer, o polímero líquido também “preenche” os espaços criados por arranhões, evitando a proliferação de germes. O berço é feito de acrílico transparente em quatro tons diferentes. O material foi escolhido por ser facilmente limpo e, portanto, mais higiênico.

Lana Agiyan-Bubble Baby Bed-berço-bolha


 

O formato do móvel, por sua vez, foi inspirado no tradicional brinquedo russo chamado Nevalyashka (uma bonequinha com corpo redondo cujo funcionamento lembra um João-bobo). Assim, o berço balança para todos os lados e não tem risco de virar, já que contém um peso central de 15 kg.

O colchão tem acabamento em lã e enchimento de cascas de trigo mourisco, conhecidas por serem antibacterianas e hipoalergênicas.

Lana Agiyan-Bubble Baby Bed-berço-bolha


 

O berço foi desenvolvido para bebês de até cinco meses. Depois desse período, o móvel pode servir para guardar brinquedos ou apenas como um balanço.

A designer informou ao Pense Imóveis que o produto deve ser vendido no Brasil, mas ainda não há previsão de quando isso deve acontecer.

>>> Funcionalidade prevalece quando o assunto é quarto de bebê

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.