25/08/2008

Boom imobiliário atinge até jogo de tabuleiro

Fonte: Editoria Zap

Aquecimento do setor fez a fabricante de brinquedos Estrela atualizar o Banco Imobiliário. Além do eixo Rio-São Paulo, logradouros de Porto Alegre, Recife, Brasília, Salvador e Belo Horizonte fazem parte do jogo

Zap o especialista em imóveis

O ramo imobiliário brasileiro vive um dos seus momentos mais prósperos. A ampliação do crédito, somada ao aumento da renda dos trabalhadores e a recuperação dos empregos contribuem para que a demanda por novos imóveis continue aquecida. Com isso, em vez de só investir em empreendimento luxuosos e de altíssimo padrão, as incorporadoras passaram a apostar suas fichas também em imóveis mais econômicos destinados às classes C, D e E.

O chamado boom imobiliário, que segundo entidades como a Abramati (Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção) e a Anamaco (Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção), deve-se manter em expansão no país, está mudando a cara de diversos bairros das principais capitais brasileiras. Os lançamentos estão valorizando ruas, avenidas e principalmente os imóveis que lá estavam antes de tudo isso acontecer. Até mesmo o famoso jogo de tabuleiro Banco Imobiliário, criado pela Brinquedos Estrela em 1944, sofreu adaptações para acompanhar o desempenho do setor.

Fotos: DivulgaçãoZap o especialista em imóveisNovo brinquedo está nas gôndolas das principais lojas desde julho de 2008

“A última modificação que o jogo de tabuleiro teve foi nos anos 90. Desta vez, resolvemos acompanhar o avanço imobiliário que o país está passando para trocar alguns logradouros e incluir outras cidades”, ressalta Aires Leal Fernandes, diretor de marketing da Brinquedos Estrela.

Além dos locais valorizados do eixo Rio-São Paulo, como avenida Higienópolis (SP), rua Oscar Freire (SP), Jardim Botânico (RJ) e avenida Beira Mar (RJ), o brinquedo ganhou localidades de Porto Alegre, Recife, Brasília, Salvador e Belo Horizonte. Entretanto, diferente da supervalorização de até 100% que alguns terrenos tiveram nos últimos dois anos, o jogador continua pagando $ 400 mil para o endereço mais caro do tabuleiro. No entanto, o bairro do Morumbi perdeu sua vez no tabuleiro e foi substituído por Higienópolis. A avenida Beira Mar, no Rio de Janeiro, passou a ser o logradouro menos valorizado, custando $ 60 mil.

O novo Banco Imobiliário está nas gôndolas das principais lojas do país desde a segunda quinzena de julho deste ano e segundo Fernandes, a procura pelo tradicional jogo de tabuleiro está aquecida. O preço sugerido é de R$ 69,90.

Zap o especialista em imóveisVersão antiga do jogo de tabuleiro tradicional da fabricante Estrela

Segundo dados da indústria de brinquedos, que soma 70 anos de atuação no mercado brasileiro, o Banco Imobiliário é líder em jogos cartonados no país,  com cerca de 20 milhões de unidades vendidas até o ano passado. Só em 2007 foram comercializadas aproximadamente 500 mil unidades, um crescimento de 15% com relação ao ano anterior.

“Com os novos endereços, prevemos que as crianças de outros estados se interessem mais pelo Banco Imobiliário. As vendas devem aumentar 10%”, aponta o diretor de marketing da Brinquedos Estrela.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.