12/08/2008

Brasileira vende casa mais cara do mundo

Fonte: Estadão

Imóvel situado na Côte D””Azur, no sul da França, foi vendida por cerca de US$ 1,2 bilhão a um bilionário russo

Zap o especialista em imóveisEm 1902, o rei Léopold 2º da Bélgica pagou pela casa apenas um franco

Lily Safra, a viúva do ex-banqueiro Edmond Safra, morto em um incêndio criminoso em Mônaco, vendeu por 500 milhões euros (cerca de R$ 1,2 bilhão) sua casa situada na Côte D””Azur, no sul da França, a um bilionário russo.

O montante foi o mais alto já pago até hoje em uma transação imobiliária de alto luxo. Até então, o valor mais alto pago por uma propriedade era de 147,28 milhões de euros (R$ 355 milhões), desembolsados no ano passado por Lakshmi Mittal, dono do grupo siderúrgico ArcelorMittal, para comprar uma residência em Londres.

História da mansão

Situada em uma colina de Villefranche-sur-Mer, entre Nice e Mônaco, a Vila Leopoldina, como a casa é chamada, foi construída no estilo Belle Époque e ocupa um terreno de oito hectares (80 mil m²). O espaço ainda inclui um jardim com 1,2 mil oliveiras, além de outras árvores como limoeiros e laranjeiras.

Cerca de 50 jardineiros trabalham diariamente no local, que possui uma vista privilegiada do balneário de Saint-Jean-Cap-Ferrat, um dos mais sofisticados da Riviera Francesa, com inúmeras propriedades de luxo.

O imóvel que se tornou o mais caro do mundo havia sido adquirido pelo rei Léopold 2º da Bélgica em 1902 pelo valor simbólico de apenas um franco.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.