02/05/2019

Brasileiros gastaram US$ 2 bilhões em imóveis na Flórida apenas em 2018, mostra pesquisa

O Brasil ficou em segundo lugar no ranking de compradores internacionais no estado da Flórida, atrás apenas do Canadá

Fonte: ZAP em Casa

A crise econômica que tomou conta do Brasil e dos brasileiros nos últimos anos fez com que o preço dos imóveis elevasse, as instituições financeiras diminuíssem suas ofertas de crédito e o número de casos de inadimplência aumentasse. Diante disso, o esperado era que muitas famílias deixassem o sonho casa própria para depois, o que de fato aconteceu.

No entanto, um outro grupo decidiu ir além e aproveitar o cenário de dificuldades para investir com mais força, mas dessa vez com uma pequena diferença: em imóveis localizados fora do Brasil. Os países? Muitos, mas com uma predominância aos Estados Unidos, mais especificamente na Flórida.

Quer reformar o imóvel onde mora, mas é alugado? Veja como fazer!

brasileiros
Os imóveis da Flórida se tornaram muito atraentes para os brasileiros (Foto: Shutterstock)

Segundo dados oficiais da corretora Elite International Realty, com base em estudos da Flórida Realtors e da National Association of Realtors (associações estadual e federal de corretores da Flórida), os brasileiros gastaram cerca de US$ 2 bilhões (R$ 7,7 bi) na compra de imóveis no estado americano apenas em 2018.

Hércules Pimenta, Diretor da Elite International Realty, diz que um dos motivos para o gasto mesmo em período de crise é a segurança da moeda americana: “Sem dúvida há a intenção de ‘proteger’ o seu patrimônio, colocando parte dele em moeda segura. Quem compra para uso próprio tem outro perfil. Normalmente são imigrantes que vêm com suas famílias para ficar nos EUA”, explica.

Saiba como as redes sociais podem te ajudar na busca por um novo imóvel

brasileiros
Os imóveis são comprados tanto para investimento, quanto para uso próprio (Foto: Shutterstock)

A vontade de sair do País é algo forte há bastante tempo. Uma pesquisa realizada pelo Datafolha em junho do ano passado revelou que, se pudessem, 62% dos jovens brasileiros iriam embora do Brasil, sendo a questão financeira o principal impeditivo.

Nesse sentido, a Flórida passa a ser um destino ainda mais atraente. Segundo Pimenta, o mercado de imóveis do estado americano está em baixa, o que é refletido no preço dos imóveis e explica essa vontade dos brasileiros em comprar um imóvel na região.

“O comprador atual já usa disponibilidade de recursos internada nos EUA e está aproveitando o mercado imobiliário americano em um momento de baixa de preços, em torno de 20%, com juros para os financiamentos de longo prazo bem atrativos, na faixa de 4% a 5,5% ao ano”, diz.

Use lembranças de viagens para decorar seu apartamento

Tipo de imóvel

brasileiros
Os modelos e preços dos imóveis variam de acordo com o perfil do comprador (Foto: Shutterstock)

O modelo e faixa de preço dos imóveis que costumam agradar o público brasileiro variam de acordo com o perfil do comprador. O imigrante, por exemplo, que busca um imóvel para viver definitivamente, costuma preferir os apartamentos e casas na faixa de US$ 300 mil a US$ 2 milhões.

O investidor, por sua vez, que tem como objetivo um retorno forte em dólar, dada a relevância da moeda, se interessa por imóveis residenciais e comerciais que custam de US$ 200 mil a US$ 10 milhões ou mais.

Por fim, há ainda a figura do comprador que busca um imóvel para passar as férias na Flórida, algo muito comum na região. Quem se enquadra nesse perfil, além de buscar imóveis próximos à praia e a regiões de lazer, geralmente se mostra disposto a gastar entre US$ 300 mil e US$ 5 milhões.

Saiba como fica o financiamento imobiliário após a separação

Conheça a arquitetura do Líbano:

+Casas italianas por até € 2 fazem sucesso entre compradores na Europa

+Saiba escolher os materiais de construção para sua reforma

+Aprenda o que fazer antes de começar uma reforma

+Entenda o passo a passo para comprar um imóvel

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.