11/12/2014

Cai o número de investidores no mercado de imóveis, revela Raio-X FipeZap

Investimentos representaram 20% das compras de imóveis no 3º trimestre deste ano; em 2013, esse percentual foi 41%

Fonte: ZAP Pro*

A participação dos investidores nas compras de imóveis caiu de maneira significativa no início do 2º semestre deste ano.É o que aponta o Raio-X FipeZap do 3º trimestre de 2014.

De acordo com o levantamento, apenas 20% dos que declararam terem comprado imóvel entre julho e setembro de 2014 o fizeram com o objetivo de investir. No trimestre anterior esse percentual era de 39% e no 3º trimestre de 2013 foi de 41%.

A maioria dos compradores de imóveis nos últimos 12 meses optou por usados (Foto: Shutterstock)

+ Preço dos imóveis tem queda real em novembro, revela FipeZap

+ Ferramenta informa o preço estimado do seu apartamento gratuitamente

Uma das possíveis explicações para esse comportamento pode estar relacionada à queda do otimismo com relação ao preço dos imóveis.

“Verificamos que essa intenção de investimento vem diminuindo. Ainda não é preocupante, mas é reflexo do aumento da taxa de juros e da incerteza em relação ao cenário macroeconômico”, explica o coordenador do Índice FipeZap, Eduardo Zylberstajn.

Entre abril e junho desse ano, 20% daqueles que se declararam interessados em comprar imóvel no curto prazo acreditavam que os preços dos imóveis iriam subir acima ou muito acima da inflação nos próximos 10 anos. No 3º trimestre, esse percentual caiu para 16%, enquanto aumentaram tanto a parcela de quem espera que os preços acompanhem a inflação quanto daqueles que esperam que a inflação suba mais do que os preços dos imóveis na próxima década.

Em relação aos descontos, houve um pequeno aumento no percentual médio de desconto obtido por quem comprou imóvel no 3º trimestre de 2014: em média, foi de 7,5%, que se compara com 7,0% no trimestre anterior e 5,5% no mesmo trimestre de 2013.

Usados tem preferência

A maioria (60%) dos compradores de imóveis nos últimos 12 meses optou por usados. Porém, metade dos que pretendem comprar algum imóvel nos próximos três meses declarou indiferença entre novo ou usado. Outros 36% fazem questão de comprar usados e 14%, novos.

Entre os que adquiriram um imóvel no último ano, 41% pretendem morar sozinhos, 10% dividirão o espaço com outra pessoa e 7%, cederão para terceiros. Outros 42% compraram para investir em aluguel ou revenda nos últimos 12 meses, mostrou a pesquisa.

 

*Fonte: ZAP Pro

 

+ Saiba como evitar atitudes que afastam os inquilinos

+ Título de capitalização pode ser oferecido como garantia locatícia

+ Veja dicas para alugar imóvel de temporada com segurança

+ Saiba anunciar seu imóvel na internet

+ Confira quais cuidados tomar ao investir em um imóvel para locação

 

 

 

 + Quer receber mais dicas de decoração e mercado? Informe seu nome e e-mail no espaço para comentários desta matéria. Os dados não serão publicados nessa página

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.