07/04/2009

Caixa já conta com mais R$ 3 bi do FGTS

Fonte: O Estado de S. Paulo

Dinheiro extra foi aprovado em dezembro para conter crise no setor

Quatro meses depois de aprovada uma linha especial de R$ 3 bilhões do FGTS para socorrer construtoras, a Caixa Econômica Federal publicou ontem, no Diário Oficial da União, a regulamentação da medida. Com isso, a instituição deve começar a escolher os projetos que poderão receber o dinheiro.

A medida foi autorizada em dezembro do ano passado pelo Conselho Curador do FGTS. Naquele momento, por causa do agravamento da crise financeira e da escassez de crédito, muitas construtoras estavam paralisando obras por falta de capital de giro.

Na época, a Caixa informou que precisava de tempo para criar uma carteira específica para administrar esse tipo de crédito, já que ele tem características diferentes das das linhas tradicionais.

O FGTS poderá comprar papéis emitidos pelas construtoras, como debêntures, cotas de fundos imobiliários montados por um grupo de empresas ou recebíveis. A ideia é permitir que as empresas que já tinham empreendimentos em andamento, mas ficaram parados por falta de capital de giro, possam usar os recursos.

Desde o início deste ano, a Caixa tem recebido propostas de emissão de dívidas de empresas médias ou pequenas e algumas poucas de grandes construtoras para que o FGTS adquira seus papéis. Com a edição da circular, a Caixa já pode começar a fechar os negócios considerados viáveis.

Pelas regras aprovadas pelo Conselho Curador em dezembro, o FGTS poderá financiar até 80% dos empreendimentos imobiliários. As taxas de juros serão de 7% mais TR nas incorporações cujas unidades sejam avaliadas em até R$ 130 mil, ou de 9% mais TR quando os imóveis a serem vendidos tiverem valor superior. Todos os empreendimentos precisam seguir as regras do Sistema Financeiro de Habitação (SFH).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.