27/04/2015

Caixa vai financiar apenas 50% do imóvel usado

Foco do banco este ano será o financiamento de imóveis novos, com destaque para a habitação popular

Fonte: Revista do ZAP

Após modificar a taxa de juros do financiamento imobiliário, a Caixa Econômica Federal anunciou que, a partir de 4 de maio, vai financiar apenas 50% do imóvel usado adquirido com recursos da poupança. + Caixa aumenta taxa de juros do financiamento imobiliário + Feirão da Caixa 2015 – Veja locais e datas do evento Em … Continue lendo “Caixa vai financiar apenas 50% do imóvel usado”

Após modificar a taxa de juros do financiamento imobiliário, a Caixa Econômica Federal anunciou que, a partir de 4 de maio, vai financiar apenas 50% do imóvel usado adquirido com recursos da poupança.

mudança de casa
Cota de financiamento de imóveis usados, apenas para operações com recursos da poupança (Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo), vai passar de 80% para 50%

+ Caixa aumenta taxa de juros do financiamento imobiliário

+ Feirão da Caixa 2015 – Veja locais e datas do evento

Em nota, a Caixa informou que o foco do banco este ano será o financiamento de imóveis novos, com destaque para a habitação popular – operações do Minha Casa Minha Vida e recursos do FGTS. A Caixa reforçou que essas modalidades não tiveram alteração.

O que muda

A cota de financiamento de imóveis usados, apenas para operações com recursos da poupança (Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo), vai passar de 80% para 50% nas operações do Sistema Financeiro de Habitação (SFH) e de 70% para 40% para imóveis no Sistema Financeiro Imobiliário (SFI), pelo Sistema de Amortização Constante (SAC).

De acordo com Daniele Akamine, sócia-diretora da Akamines Negócios Imobiliários, a nova medida não deve afetar os demais bancos num primeiro momento, o que pode ser vantajoso para os compradores. Com a alteração, as instituições financeiras estarão em um patamar de igualdade competitiva com a Caixa.

Segundo a especialista, o ritmo de financiamento nos últimos anos não acompanhou o da captação da poupança, ou seja, não há mais recursos para empréstimos. Segundo dados do Banco Central de fevereiro de 2014, até o mesmo mês deste ano, as concessões de crédito imobiliário cresceram enquanto a captação líquida da poupança ficou negativa.

“Esse é um mal que irá atingir a todos os bancos, mas principalmente a Caixa, que é a que mais empresta”, analisa Daniela.
+ Saiba o que perguntar no estande vendas para não errar na compra

+ Ferramenta informa o preço estimado do seu apartamento

+ Confira quais cuidados tomar ao investir em um imóvel para locação

+ Veja o que fazer em seu apartamento após a entrega das chaves

+ Título de capitalização pode ser oferecido como garantia locatícia

 + Saiba como declarar imóvel no imposto de renda 2015

+ Entenda a regra das bandeiras tarifárias na conta de luz 

 

 

+ Quer receber mais dicas de decoração e mercado? Informe seu nome e e-mail no espaço para comentários desta matéria. Os dados não serão publicados nessa página

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.