05/04/2010

Cantinhos especiais para guardar e saborear vinhos

Fonte: O Globo
Adega projetada pela Art de Caves (Fotos: O Globo)
Adega projetada pela Art de Caves (Fotos: O Globo)

Rio de Janeiro – O verão já se despediu e a chegada de dias mais frescos é um bom pretexto para os amantes do vinho intensificarem suas atividades. Até porque, tomar um bom vinho é muito mais do que abrir uma garrafa: significa cumprir todo um ritual, que começa nos cuidados com o armazenamento. Ou seja, começa na adega. E há projetos para todos os espaços e gostos.

O arquiteto Maurício Nóbrega, por exemplo, aproveitou um espaço inutilizado próximo à escada da sala de estar de uma cobertura para criar uma adega. O ponto de partida foi o uso de elementos que aqueceriam o ambiente, como madeira de carvalho e pontos de iluminação direcionados e com cor quente. Os pratos de porcelana e os potes de vidro com rolhas de cortiça serviram para dar um charme a mais na decoração.

“Meus clientes, inicialmente, queriam apenas um lugar para colocar a geladeira de vinhos. Por isso, pensei em dar uma atmosfera de adega a um espaço da casa que até então não tinha nenhuma utilidade. O projeto inclui ainda uma pequena escada charmosa de madeira para que a pessoa possa ter acesso aos vinhos da prateleira superior”, explica o arquiteto.

Em adegas profissionais, o sistema de refrigeração faz um controle relativo da umidade para armazenamento de vinhos. Cristina Dalberto, da Joshua Adegas, ressalta que o número de aberturas da porta de acesso deverá ser o menor possível, evitando-se, assim, a alteração das condições de temperatura e umidade e o aumento do consumo de energia.

“As adegas têm sido cada vez mais procuradas para as residências, principalmente de pessoas jovens. Procuramos dar todas as orientações para que o amadurecimento do vinho não seja feito de forma inadequada. Usamos armários embutidos com portas de vidro duplo e gás de argônio dentro”, explica Cristina.

Adega em madeira de cedro rosa com sistema de refrigerão em residência pela Joshua Adegas
Adega em madeira de cedro rosa com sistema de refrigerão em residência pela Joshua Adegas

Numa adega projetada pela empresa especializada Art de Caves, com capacidade para mais de 2.500 garrafas, foi feito um trabalho de isolamento térmico reforçado. A madeira escura e a lareira na parede central do espaço criam um clima mais aconchegante. O coordenador de marketing da loja, William Tsuji, chama a atenção para alguns cuidados em relação aos armários:

“Com relação ao posicionamento, o ideal é que fiquem num local com baixa incidência de luz solar, baixo índice de vibração e baixa emissão de calor. Além disso, os armários devem estar posicionados de forma que as garrafas sejam encaixadas na horizontal. Isso para manter o líquido em contato com a rolha, o que conserva o sabor da bebida. As paredes, teto e piso do ambiente podem receber isolante térmico com placas de compensado, camada emborrachada, isopor de alta densidade e painel de madeira.”

LEIA MAIS:

ADEGAS PARA MANTER A QUALIDADE DO VINHO

MÓVEL SOB MEDIDA NO LUGAR CERTO

PREPARE SUA CASA PARA O BICHO DE ESTIMAÇÃO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.