22/07/2013

Casa é transformada em local de convivência, saúde e estética para pré e pós-gestantes

Casa é transformada em local de convivência, saúde e estética para pré e pós-gestantes

Fonte: Revista do ZAP

Projeto em Porto Alegre integra as clientes enquanto os pequenos se divertem em local propício

Em um dos momentos mais especiais na vida da mulher, ela merece tratamento diferenciado. Pensando nisso, cada canto dos 350 metros quadrados de um sobrado localizado no bairro Três Figueiras, na Capital gaúcha, foi planejado para o bem-estar das mães. O espaço para vivências maternas funciona como um centro de informações, estética e saúde nas fases pré e pós-gestante.

 projeto gestante

 

Projeto da arquiteta Adriane Wieczorek, em conjunto com a equipe da Milk Studio – responsável pelo design estratégico – e com luminotécnica de Joaquin Herrera, a casa com arquitetura original dos anos 1980 teve a fachada renovada para melhor receber as clientes.

O berçário garante total tranquilidade à mamãe enquanto ela usufrui dos serviços oferecidos pela casa. “No interior, mesclamos as variações das cores do logo nas diversas salas do local. Cereja, amarelo e verde-água reforçam a proposta de cada ambiente,seja voltado para a saúde, a estética ou o aprendizado”, destaca Adriane.

Compartimentado em áreas específicas, o elo entre os espaços é o conforto das frequentadoras. Presente desde o balcão baixo da recepção com cômodas cadeiras para que as clientes não precisem esperar em pé, passando pela cama de massagem vazada nas regiões da barriga e dos seios, até as aconchegantes poltronas Egg da área de manicure.

A área de ligação entre a cafeteria e a recepção tem a função de reunir mães e filhos. A parte delimitada pelo jardim vertical com samambaias integra as clientes para compartilharem experiências, enquanto os pequenos se divertem no local com pufes coloridos.

Um dos locais mais frequentados é o espaço externo. O deque recebe a luz natural que atravessa a claraboia com telhas de policarbonato transparente (sustentadas pelas vigas de madeira). À noite, basta acender as divertidas luminárias em forma de lâmpadas incandescentes.

 

Leia mais:
>> Quarto do bebê deve trazer o aconchego da barriga da mamãe
>> A família cresceu? Veja dicas para organizar o quarto do bebê
>> Tradicional branco cede lugar a cores diferenciadas no quarto do bebê

Tags: arquitetura

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.