24/01/2013

Casa paulistana valoriza flexibilidade e praticidade

Móveis com dupla função e espaços integrados fazem a cabeça de quem mora em São Paulo

Fonte: ZAP Imóveis

Morar em um lugar acessível ao lazer, escola dos filhos e trabalho é tudo o que o paulistano quer. Flexibilidade é uma característica que o morador da cidade de São Paulo valoriza, segundo o arquiteto George Hochheimer. Dentro de casa, tal fator é muito relevante, já que quem vive em uma cidade tão eletrizante quanto a capital paulista quer praticidade.

Para quem gosta de flexibilidade para mudar o visual da sala quando desejar, paredes e sofás em tons neutros facilitam a combinação (Foto: Thinkstock)

“Hoje em dia, na hora da compra, o paulistano já pode modular o espaço de acordo com sua necessidade”, diz Hochheimer. Customizar a casa para deixar seu dia mais prático facilita muito a vida de quem tem uma rotina exaustiva. “O morador de São Paulo quer um lar confortável que seja equipado com móveis de dupla função”, explica o designer de interiores Leonardo Dutra . Desta maneira, a mesa de jantar pode servir como apoio de home office e o sofá retrátil é uma ótima opção para receber amigos e assistir um filme confortavelmente, por exemplo.

De acordo com Hochheimer , com a quantidade de ofertas que há em São Paulo, o comprador acaba sendo mais exigente. “Nos dias de hoje, há na cidade uma busca por conectar espaços dentro das casas”, afirma o especialista. De acordo com ele, cada vez mais a tecnologia permite que os espaços sejam integrados. Varandas gourmet e áreas sociais com churrasqueira são tendências na metrópole que abriga moradores que gostam de receber pessoas. “Uma cozinha ampliada à sala de jantar pode facilitar o convívio social, onde o anfitrião recebe o convidado enquanto cozinha e oferece um bom vinho”, diz o designer.

“Mobília de fácil limpeza é outro item que agrada o paulistano”, garante Dutra. O profissional ressalta que, no geral, uma característica dos moradores de São Paulo é evitar utilizar móveis com tons muito marcados na decoração. “Nesta cidade, as pessoas vivem em um clima urbano e contemporâneo. Cores neutras são utilizadas com frequência nas paredes do imóvel, assim como móveis discretos, para que o proprietário possa brincar nos tons dos acessórios e mudar a decoração sempre que tiver vontade, com facilidade e sem precisar alterar a mobília”, diz o especialista. Couro e fibra sintética estão em alta, é o que afirma o designer. “Poltrona xadrez é destaque, está entrando forte na decoração”, diz Dutra.

O paulistano, assim como muitos brasileiros, vêm se preocupando com a questão de sustentabilidade. “Muitos querem saber de qual madeira é feita a mobília, de onde ela é extraída, se a fibra é natural, etc…”, afirma Dutra. O designer lembra que São Paulo é uma cidade cosmopolita, onde os moradores têm acesso a muita informação, por isso a preocupação com o meio ambiente.

Varanda gourmet, como este projeto da arquiteta Andrea Zylberstajn Glezer, é tendência em São Paulo (Foto: Divulgação)

Segurança – São Paulo sofre com o problema de segurança e, por isso, muitos paulistanos se preocupam muito com esta questão dentro de casa. “A tendência da cidade é partir para espaços controlados e fechados. No entanto, se o morador demonstra uma segurança extensiva, mostra que quer esconder um tesouro muito grande e acaba gerando tentação”, diz o arquiteto. O profissional acredita que equipamentos eletrônicos protegem e ainda permitem que o visual fique menos poluído. “Investir em um sistema de monitoramento à distância, que possa ser acompanhado através da internet, é uma alternativa. O proprietário pode também optar pela fechadura biométrica e limitar a entrada dos funcionários da casa para o horário de trabalho”, complementa Dutra.

5 Comentários

  1. OLHA, EU FICO APAIXONADA QD VEJO ESSA PUBLICACAO,PQ EU SEMPRE ME INSPIRO EM VCS,P/A FAZER ALGO EM MINHA CASA,E ESSA AGORA VEIO ME AJUDAR MUITO, VCS SAO NOTA 10,CONTINUEM FAZENDO ISSO PQ AJUDA MUITO,QUEM ESTA EM DUVIDAS.OBRIGADA E MUITO SUCESSO A TODOS.

  2. favor mandar estas dicas para compahia desenvolvimento habitacional urbano vulgo CDHU que constroi nossos pombais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.