26/03/2010

Casa popular contra terremotos e furacões é apresentada no 5° Fórum Urbano Mundial

Fonte: O Globo
Casa popular com tecnologia contra terremotos e furacões (Foto: O Globo)
Casa popular com tecnologia contra terremotos e furacões (Fotos: O Globo)

Rio de Janeiro – Das madeiras serradas, painéis e compensados são construídas casas populares de baixo custo e resistentes a desastres, como furacões e terremotos. Além disso, o mobiliário urbano do entorno também é todo sustentável e pronto para enfrentar abalos sísmicos. Durante o Fórum Urbano Mundial, que acontece até sexta-feira, o Conselho Euro-Brasileiro de Desenvolvimento Sustentável (EUBRA) apresenta o projeto Home4Haiti, com tecnologia inspirada na muralha da China. O modelo de residência foi desenvolvido por arquitetos brasileiros e italianos e pretende contribuir para a reconstrução do Haiti.

No projeto há dois tipos de casas, ambas de 50 metros quadrados, incluindo dois dormitórios, sala, banheiro e cozinha. A primeira faz uso de tijolos queimados, cimento e estrutura em aço. O prazo para construção é de, no máximo, 20 dias e o custo da casa pronta é de R$ 8 mil. Já a segunda é feita de madeira reaproveitada do Pará e do Maranhão. O custo da casa fica entre R$ 9 mil e R$ 11 mil, sem a montagem.

“A gente bolou um sistema de ventilação forçada, uma tecnologia simples, para que a casa possa ser vedada em casos de furacão. Para proteger a residência de terremotos, a gente usou pneus velhos, suporte de aço e tijolos solo cimento para fazer o amortecimento dos pilotis”, explica o presidente da EUBRA, Robson Oliveira.

Detalhe do sistema de amortecimento da casa
Detalhe do sistema de amortecimento da casa

Móveis utilitários também são feitos com sobras de madeiras. A tecnologia de iluminação LED abastecida por energia eólica e solar, usada nas luminárias de rua, é proveniente da China e será transferida para o Brasil e o Haiti. O projeto prevê que as comunidades brasileiras e haitianas envolvidas sejam beneficiadas pelo projeto através de formação técnica, geração de emprego e renda e, portanto, melhor qualidade de vida.

O Fórum Urbano Mundial foi estabelecido pelas Nações Unidas para analisar um dos problemas mais urgentes que o mundo enfrenta hoje: a rápida urbanização e seu impacto nas comunidades, cidades, economias, mudanças climáticas e políticas. O tema central deste ano é “O Direito à Vida: Unindo o Urbano Dividido”. As discussões são divididas em seis eixos: Levando Adiante o Direito à Cidade; Unindo o urbano Dividido; Acesso Igualitário à Moradia; Diversidade Cultural nas cidades; Governança e Participação; e urbanização sustentável e inclusiva.

LEIA MAIS:

CASA SUSTENTÁVEL PROJETADA POR ESTUDANTES BRASILEIROS CONCORRE NA ESPANHA

CASAS CONSTRUÍDAS COM PLÁSTICO RECICLADO

13 Comentários

  1. gostaria de saber se este modelo de casa contra terremotos já foi testada com um terremoto real. Quantos graus na escala Richter ela pode suportar?

  2. Quero Parabenizar Estamos em 2010Como vai ajudar o meio ambiente e aclase pobre Parabens. agora vamos partir para as casas de bambu.

  3. Muito proveitoso. Os custos ainda sao altos para uma familia de baixa renda. Mas se esta provado pelos arquitectos sobre a sua rebustez e consistencia e importante divulgar, pelo menos e uma esperanca de seguranca nos locais de sismos e terramotos regulares. Parabens.Filipa

  4. A ideia de construcao de “casa popular contra terramotos e furacoes”, acho a muito bestial, pois vai permitir que haja um rapido regresso e assentamento das familias desalojadas no Haiti e Chile com maior seguranca, nao so, mas tambem vai prevenir que em noutras zonas ocorram tragedias com maiores danos humanos e materiais.

  5. Muito bom saber que podemos fazer algo construtivo com materiais recicláveis, como os pneus usados, garrafas pet, etc. Além do custo ser muito baixo, é uma proteção contra o “”revide” da natureza (que nós mesmos agredimos há tempos). Parabéns à todos os envolvidos neste projeto.

  6. Acho que em primeiro lugar devo parabenizar os auctores deste projecto e, incentivar sua continuidade nesta luta pela investigação ciêntifica e tecnológica na busca das melhores soluções para o meio urbano.Devo dizer que o meio urbano é cada vez mais caótico, complexo e dinâmico, exigindo de nós cada vez mais de soluções practicas, ecológicas, e racionais. Portantor, gostaria de interagir mais com os auctores do referido, de modo a compreender melhor a solução apresentada e, contribuir para a optimização da mesma.

  7. Caramba estas casas são o máximo amei a estrutura e tudo, gostaria de receber uma planta destas com 2 dormitórios, 1 suíte, cozinha, copa, banheiro e sala. Fico agradecida. E gostaria de saber o custo desta casa. E como faço para obtê-la e em quanto tempo. O mais fico satisfeita pelo empreendimento deste responsáveis por esta maravilha.

  8. Adorei a ideia da casa contra teremotos, gostaria de receber uma copia da planta com mais detalhes,e detalhes da construção, seria possível.

  9. Bom dia, gostaria de saber como adquirir esta casa que custa 8,000 reais.meu telefone é (21)3123-4353 obrigada aguardo contato.

  10. Cara .. Bonita .. Incrível .. Vou marcar o seu site e tomar as alsoI”m alimenta prazer em procurar tantas informações úteis aqui mesmo no post, precisamos desenvolver estratégias extra sobre este respeito, obrigado por compartilhar . . . . . .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.