11/03/2009

Casa própria: ache os juros mais baixos

Fonte: Jornal da Tarde

Reduções podem chegar a um ponto porcentual conforme o modelo de financiamento escolhido

Quem quer financiar a casa própria pode conseguir desconto na taxa de juros até mesmo sem pechinchar. Alguns bancos oferecem, de imediato, reduções que vão de 0,5 a 1 ponto porcentual – dependendo do modelo do financiamento escolhido e do relacionamento do cliente com a instituição financeira.

Agência Estado

O interessado em comprar um imóvel de até R$ 130 mil e que possui renda máxima de R$ 4,9 mil mensais pode utilizar uma carta de crédito com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Nessa modalidade cobram-se os juros mais baixos do mercado – que variam de 5% a 10% ao ano.

Mas a taxa pode ficar ainda menor. Por determinação do Conselho Curador do FGTS, os bancos que trabalham com essa modalidade de financiamento são obrigados a oferecer desconto de 0,5 ponto porcentual nos juros anuais a quem tiver conta no FGTS há pelo menos três anos.

Já quem optar pelo financiamento com recursos da poupança terá de seguir a política de descontos de cada banco. Na sigla SBPE, esse é o modelo oferecido pela maior parte das instituições financeiras que trabalham com crédito imobiliário e permite o financiamento de imóveis de até R$ 350 mil.

Na Caixa Econômica Federal, quem aceita que as parcelas sejam debitadas diretamente na conta corrente ganha uma desconto de um ponto porcentual nos juros. ?A regra é válida desde que o cliente contrate o pacote de serviços que inclui conta corrente, cartão de crédito e cheque especial?, informa Frederico Osanan de Assis, gerente regional da Caixa.

A conduta é semelhante no Itaú. Os clientes que aceitarem o débito automático em conta para pagamento das parcelas veem os juros caírem de TR + 12% para TR +11,5% ao ano no caso de imóveis que custam até R$ 350 mil. Para casas com valor superior a esse, o desconto também é de 0,5 ponto porcentual: a taxa passa de TR +12,5% para TR+12% ao ano.

O mutuário que financiar um imóvel pelo Banco Brasil não vai encontrar descontos. Porém, o banco oferece um prazo de carência de até seis meses para o comprador começar a pagar as prestações e também possibilita que, a cada ano, o cliente deixe de pagar uma das parcelas e a jogue para o final do financiamento. Mas o pagamento postergado, é claro, será acrescido de juros.

Nos demais bancos consultados – Bradesco, HSBC, Real, Santander e Unibanco – não há políticas de desconto para financiamentos com recursos do SBPE.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.