11/08/2010

Casa própria: taxa inicial varia até 27%

Fonte: Jornal da Tarde
(Foto: Divulgação)
Banrisul é o que tem o custo mais alto e o HSBC o mais baixo (Foto: Divulgação)

As taxas cobradas pelos bancos para iniciar o processo de concessão de financiamento habitacional, que incluem avaliação do imóvel e análise jurídica, variam até 27%.

É o que aponta pesquisa da Pro Teste – Associação Brasileira de Defesa do Consumidor. Em dez bancos pesquisados pela associação, essa taxa varia de R$ 700 a R$ 950.

O Banrisul é o que tem o custo mais alto, de R$ 950. No HSBC é onde o candidato ao crédito encontra o menor valor, de R$ 700.

CUSTO EFETIVO – De acordo com Maria Inês Dolci, diretora da Pro Teste, como o tipo de serviço cobrado varia de banco para banco, a melhor forma de incluir todas as taxas ao comparar o que é oferecido por cada um é verificar o custo efetivo total (CET) do financiamento, ainda mais quando estas despesas iniciais não estão discriminadas.

“O consumidor deve pesquisar em pelo menos três bancos o que é oferecido e negociar valores, porque os serviços incluídos na taxa são basicamente os mesmos”, explica Maria Inês.

Celso Petrucci, economista do Sindicato da Habitação (Secovi), calcula que, em um financiamento de R$ 100 mil pelo Sistema Financeiro de Habitação (SFH), no caso de imóveis de até R$ 500 mil, as taxas adicionais, como as despesas iniciais cobradas pelo banco, o Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) e os registros do imóvel, equivalem de 4% a 4,5% do valor total do imóvel.

“As despesas iniciais cobradas pelos bancos é a taxa mais barata entre esses gastos. Para um imóvel de R$ 150 mil, do qual R$ 100 mil seja financiado, apenas o imposto custa entre R$ 1.500 a R$ 1.700”, diz Petrucci.

Encargos administrativos relacionados a custos de correspondência enviada pelo banco, entre outros, e valor dos seguros cobrados no financiamento também devem ser levados em consideração na hora da escolha do banco.

Clique aqui para ouvir a entrevista com Fábio Gallo, professor de finanças da PUC-SP e FGV-SP. Ele explica o que considerar na hora de escolher o financiamento do imóvel.

LEIA MAIS:

Venda de imóveis recua 46,3% na Grande SP

Crescimento do mercado atrasa obras de imóveis

Oferta de imóvel usado aumenta 51%

1 Comentário

  1. é não existe nada melhor do que ter sua casa propia e agora com essa taxa de iniciação estar boa para quem quer ter sua casa eu gopstei muito.valeu pela mensagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.