09/01/2009

Chegou a hora de pagar o IPTU

Fonte: Jornal da Tarde

Neste ano,quem optar pela parcela única terá desconto de 6%, índice que anula o aumento

A partir da próxima semana o morador da cidade de São Paulo começa a receber as notificações para o pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) de 2009. Neste ano, o tributo está 6% mais caro, reajuste que seguiu a inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) verificada em 2008. Mas para quem fizer a opção do pagamento em uma única parcela, o desconto será de 6%, o que anula o aumento aplicado de um ano para outro.

Valeria Goncalvez/AEZap o especialista em imóveisQuase 30 mil imóveis terão R$ 59,3 milhões de créditos no IPTU 2009

A outra opção é pagar o tributo em dez vezes com valor mínimo de R$ 20 por parcela, porém sem o desconto e vencimento a partir de fevereiro até novembro.

Segundo a Secretaria de Finanças do município, são 2.921.805 notificações que começam ser enviadas dia 15 e vencem a partir do dia 1º de fevereiro. ?Do total, 908 mil são isentos e recebem a notificação com a isenção em março?, afirma o subsecretário da Receita municipal, Wilson José de Araújo.

Outros que seguem um cronograma diferente são os moradores de condomínios que fizeram a opção por receber o IPTU por meio da administradora do imóvel. Para estes, o vencimento da primeira parcela ou da cota única será no dia 20 de março.

Quem não receber a notificação do tributo até uma semana antes do vencimento pode requerer a segunda via nas subprefeituras, no posto de atendimento da Secretaria de Finanças (Vale do Anhangabaú, 206, de segunda à sexta-feira, das 8h às 18h) ou pela internet, no endereço www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/financas a partir do dia 17 (de segunda a sábado, das 6h às 23h45). Assim também é possível alterar dados cadastrais e o vencimento da parcela.

Quem pediu a nota fiscal eletrônica (NF-e) para os prestadores de serviço, estava cadastrado no programa de créditos e fez a opção do desconto até novembro de 2008 poderá abater até 50% do valor do tributo vindo do Imposto sobre Serviços (ISS) – mais informações sobre a NF-e no site da Prefeitura.

Os terrenos em área de preservação permanente podem ter desconto de até 50% no imposto territorial urbano – um dos que compõem o IPTU – ou 50% desconto no imposto predial – o outro que faz parte do tributo – relativo a imóveis que forem restaurados em projeto aprovados pela Prefeitura.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.