09/02/2009

Chuva: é melhor dar uma força ao muro

Fonte: Jornal da Tarde

Acessórios podem aumentar a resistência do muro de contenção. Saiba quais são

Há acessórios que são essenciais na construção de um muro de arrimo e complementam a proteção.

Um exemplo é o filtro de areia ou brita, que deve ser instalado entre o muro e a terra e o buzinote, cano por onde a água pode escoar para não criar pressão inadequada ao muro.

Foto: Valéria Gonçalvez/AEZap o especialista em imóveisO uso de vegetação torna o muro de arrimo, além de peça de segurança, em objeto de decoração

Já em terrenos horizontais inclinados estabilizados, a grama pode ajudar a conter porções de terras. A vantagem é que possui raiz profunda, de mais de um metro de profundidade. Porém, Mendonça lembra que ela somente serve de proteção contra erosão, não segurando a pressão exercida pela terra. “Em um terreno encharcado, escorrega junto com a terra”, alerta.

Há quem plante bambu para segurar terrenos. O professor Luiz Sérgio Mendonça Coelho, professor do curso de engenharia civil do Centro Universitário da FEI não indica a alternativa. “O bambu se propaga muito rápido e demanda manutenção constante.”

As fundações também aumentam a resistência. Uma das mais comuns é o baldrame, viga que pode ser de concreto instalada no solo. “Ela é importante para equilibrar o terreno planificado e o terreno vizinho, mais alto, e deve ter a mesma altura do muro”, explica Paulo Moura, professor de engenharia civil da Faculdade Mackenzie.

Outro tipo de fundação é a sapata, bloco de concreto construído diretamente no solo, uma opção ao baldrame. “Ela é preferível em solos com melhor apoio”, diz Moura.

O professor também cita que o ângulo do corte do terreno pode influir na instalação. Cortes verticais pedem a colocação de concreto entre vãos de muros de alvenaria, além de maior dimensionamento e fundação. “O dimensionamento pode começar embaixo e afunilar apenas para conter o escoamento da terra. Assim, são mais resistentes. O apoio pode ainda ter mão francesa, instalado com formato de L para dentro ou fora do terreno”.

Porém, Moura indica o muro inteiramente preenchido por concreto armado, que tende a ser mais caro, mas tem vantagens com relação à alvenaria preenchida com concreto, como melhor acabamento e controle de qualidade do material. “É uma peça homogênea. Cada material tem um comportamento diferente, o que pode causar má-formação do muro. Mesmo entre as peças de concreto armado, existem diversos tipos”, completa o professor.

Os muros mais indicados para terrenos altos, de até quatro andares, são os contrafortes, que exigem cálculo estrutural mais apurado. Tirantes também podem auxiliar a proteção.

LEIA MAIS:

Para seu patrimônio não ruir

Economize reutilizando água

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.