24/05/2010

Chuveiro elétrico pode ser mais econômico do que aquecedor, aponta pesquisa da USP

Fonte: O Globo

Pesquisa da USP mostra que banho de chuveiro elétrico é mais barato

(Foto: Divulgação)
 Banho de oito minutos custa, em média, R$ 0,27 no chuveiro híbrido solar; e R$ 0,30 no chuveiro elétrico (Foto: Divulgação)

Com a chegada de dias mais frios, banhos quentinhos são sempre bem vindos. Mas qual será a forma mais econômica de esquentar água? De acordo com uma pesquisa da Escola Politécnica (Poli) da Universidade de São Paulo (USP), o chuveiro elétrico pode reduzir os gastos em até 72,2% na comparação com outros sistemas de aquecimento. O estudo, desenvolvido pelo Centro Internacional de Referência em Reuso de Água (Cirra), aponta ainda que o consumo médio anual de água tende a ser menor.

Vale ressaltar que o chuveiro elétrico pode estar tanto acoplado a um aparelho tradicional para esquentar a água como associado a aquecedores solares e a gás. A pesquisa concluiu que um banho de oito minutos custa, em média, R$ 0,27 (entre consumo de água e energia) no chuveiro híbrido solar; e R$ 0,30 no chuveiro elétrico. O mesmo banho sai por R$ 0,46 (53,3% a mais do que no chuveiro elétrico) com aquecedores solares tradicionais, R$ 0,59 (96,6% mais caro) com aquecedores a gás e R$ 1,08 (246,6% a mais) com o boiler elétrico.

Segundo dados do Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (Procel), o chuveiro elétrico está presente em mais de 73% das residências brasileiras. Para o professor Ivanildo Hespanhol, coordenador do levantamento, os resultados resgatam e reforçam o valor do chuveiro elétrico, invenção brasileira que já acumula 80 anos.

“Antes da divulgação da pesquisa, observamos que mais da metade das pessoas que têm chuveiro elétrico em suas casas não trocariam o equipamento, mesmo conhecendo outras formas de aquecimento”, ressalta.

CONSUMO DE ÁGUA EM CHUVEIROS ELÉTRICOS É MENOR – Outro dado importante da pesquisa é relativo ao consumo de água dos diferentes sistemas de aquecimento. O estudo mostra que a média anual de consumo do chuveiro elétrico é de 4,2 litros por minuto (L/min). Já o chuveiro híbrido solar obteve 4,1 L/min, ou seja, 2,3% a menos do que o consumo do chuveiro elétrico.

O aquecedor a gás obteve uma média de 8,7 L/min, isto é, 207% maior do que o consumo do chuveiro elétrico. O aquecedor solar, por sua vez, obteve uma média de 8,4 L/min (200% a mais), enquanto o boiler elétrico apresentou uma média de 8,5 L/min (202% a mais).

 

LEIA MAIS:

SUA CASA NA TEMPERATURA CERTA

CANTINHOS ESPECIAIS PARA GUARDAR E SABOREAR VINHOS

6 Comentários

  1. Boa reportagem, mas não ficou claro a questão do aquecedor, que pode ser por acumulação (boiler) ou por passagem, que penso ser o mais ecônomico do que o por acumulação, já que este último funciona 24hs por dia para manter uma média de 300l de água aquecida o tempo todo, enquanto o por passagem só arma quando você liga o chuveiro, quando o banho acaba ele desliga. Estou enganado?

  2. A carga total do sistema elétrico do pais é avaliada pelos horários de ponta, ou seja aqueles horários em que o sistema está mais sobrecarregado. È principalmente nesse horário que os chuveiros são usados pelos trabalhadores que retornam para casa.Desta feita cada chuveiro elétrico demanda investimento muito grande da parte do estado na construção de barragens e usinas termo elétricas para atender`a demanda de energia. Caso passe a ser cobrada no pais tarifa diferenciada em função do horário de consumo, que já foi implantada na frança há mais de 20 anos,esta aparente (miope) vantagem desaparece por completo.O chuveiro pode ser econômico neste pais de política demagógica e de imprensa tendenciosa. Esta sobrecarga do sistema não ocorre com os aquecedores à gas e solares, e que portanto deveriam ser incentivados pelo governo.

  3. Tinha 2 chuveiros eletricos aqui em casa, troquei por um aquecedor de passagem e a media da conta de energia era de 150 reais, caiu para 60 reais. Deve-se considerar que o consumo de gas aumentou evidentemtente, entretanto, nao sei se o teste considerou uma variavel extremamente importante, o aquecedor possui 5 niveis de regulagem, ja o chuveiro possui 3, e em geral o nivel 2 (quase o consumo minimo) e mais do que suficiente pra elevar a temperatura da agua ate 80c , ja o chuveiro precisa de muito consumo de eletricidade para aqueceer a agua o minimo possivel.

  4. Sou obrigado a discordar de algumas avaliações apresentas nesta reportagem. Os dados são no mínimo equivocados. Observem os desacordos:1)O consumo de água é definido pela pressão da água e pelo tipo e modelo de ducha utilizada. Existem chuveiros elétricos no mercado que podem ultrapassar facilmente a marca de 10 litros por minuto, ou seja, muita acima dos aquecedores centrais elétricos e a gás. 2)Em muitos casos, a elevação do consumo de água em aquecedores a gás, elétrco ou solar, se deve a falhas no dimensionamento da hidráulica de distribuição de água e não ao aquecedor em si.3)Aquecedor solar não consome energia elétrica, consome energia solar. O que consome energia são os complementos de aquecimento, necessários para os dias intensamente nublados e chuvosos. Esse complemento pode ser feito inclusive por um chuveiro elétrico na ponta de consumo, conforme mencionado e chamado de chuveiro híbrido solar. Esta é sem dúvida a forma mais econômica de banho. Porém,neste caso, os números informados estão no mínimo equivocados, pois, se na grande maioria do território brasileiro temos índices de insolação que superam a 70% dos dias do ano, como poderia haver uma diferença tão pequena entre o chuveiro hibrido solar e o chuveiro elétrico? Conclusão: Ou o valor do Banho com chuveiro hibrido solar a R$ 0,27 foi calculado equivocadamente para cima, ou o valor do Banho com chuveiro a R$ 0,30 foi calculado equivocadamente para baixo, pois deveria haver uma diferença de 70% e não apenas 10%.4)Além dos itens acima, a fama de Vilão recebida pelo chuveiro elétrico, não envolve apenas questões de consumo final de energia, e sim o consumo de pico, o que causa grandes transtornos às concessionárias de energia elétrica, sobre tudo nos períodos de alta demanda. Além da demanda de investimentos altissimos por parte do estado na construcao de barragens e usinas para atender`a demanda de energética necessária.Desta forma, creio que valeria a pena, uma melhor avaliação de todos os pontos antes de tentar tornar o Vilão em Herói.

  5. Em relação a energia gasta está claro que o elétrico é vilão. Porém num planeta em que a á gua está prestes à extinção, como fica a opção pelo aquecedor a gás? O que vejo é que não é discutido este assunto e por isso não foi desenvolvido nenhuma forma de quebrar o desperdício de água dos chuveiros aquecidos a gas, até esta chegar quente ao ponto de saída , o que realmente é assustador.Gostaria de saber sobre estudos em relação a isto.

  6. A Melhor receita que encontrei de economia foi o hibrido solar comaquecedor de passagem a gas e ducha de baixa vazão com um pressurizadorpara o aquecedor, meu botijão de 13kg durou 11 meses, somos 3 adultos e duas crianças, não troco este sistema por nada, minha conta de energia caiu 50%.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.