28/11/2013

Com burocracia, imóvel fica até 24% mais caro

Segundo executivos da CBIC, os gargalos como os custos, os prazos e a insegurança jurídica são os principais entraves para o desenvolvimento do setor

Fonte: ZAP Imóveis

A burocracia no setor de construção civil faz com que os preços de venda dos imóveis residenciais fiquem ainda mais altos.

Quer receber mais dicas de decoração e mercado? Clique aqui e cadastre-se

Segundo um estudo da CBIC (Câmara Brasileira da Indústria da Construção) que será divulgado no próximo dia 11 de dezembro, os valores da casa própria para o comprador podem ficar até 24% maiores devido aos demorados trâmites realizados pelas repartições públicas.

Com burocracia, imóvel fica até 24% mais caro
Um dos problemas citados foi a dificuldade que as construtoras e incorporadoras têm de encontrar terrenos para loteamentos (Foto: Banco de Imagens / Think Stock)

De acordo com a assessoria da entidade, o presidente da Câmara, Paulo Simão, antecipou algumas informações do documento no último Encontro Nacional da Indústria da Construção, que ocorreu em Fortaleza.

E um dos problemas citados foi a dificuldade que as construtoras e incorporadoras têm de encontrar terrenos para loteamentos.

Já o vice-presidente da CBIC, José Carlos Martins, criticou o excesso de burocracia e apontou como gargalos os custos, os prazos e a insegurança jurídica.

“Quando a economia não anda na velocidade que se imagina, o investimento privado também não anda. É necessário melhorar a eficiência do setor para a economia do Brasil ser mais competitiva”, afirmou, via nota.

A entidade comunicou ainda que espera um crescimento de 2% do PIB (Produto Interno Bruto) da construção em 2013. Para o PIB do país, a expectativa é de uma taxa de crescimento de 2,5%. Em 2014, a CBIC prevê aumentos entre 3% e 4% no PIB do setor e de 2,5% para o PIB nacional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.