05/06/2008

Começa hoje o Feirão Casa Própria no Rio

Fonte: Globo online

Caixa oferece mais de 55 mil imóveis

Começa nesta quinta-feira o 4º Feirão Caixa da Casa Própria no Rio, no pavilhão 2 do Riocentro, uma oportunidade para quem deseja comprar um imóvel encontrar o que procura e resolver várias questões burocráticas de um vez só. O megaevento, que deve atrair 85 mil visitantes e movimentar R$ 600 milhões em negócios na cidade, acontece de quinta a sábado de 10h às 21h e no domingo, de 10h às 18h. No local, estarão representantes de 77 construtoras e 83 imobiliárias, vendendo 55.060 imóveis, 23.125 novos ou na planta e 31.935 usados (860 retomados de mutuários que não conseguiram pagar as prestações). Há preços para todos os bolsos: de R$ 30 mil a R$ 1,5 milhão. Cerca de 80% destes imóveis são de dois quartos. 

Os imóveis que serão oferecidos no evento no Rio estão situados nos bairros de Lins de Vasconcelos, Tijuca, Campo Grande, Realengo, Jacarepaguá, Flamengo, Rio Comprido, Botafogo, Barra da Tijuca, Recreio, Copacabana, Guadalupe, Ilha do Governador, Pilares, Pavuna, Santo Cristo, Saúde e Madureira. Há ofertas também nos municípios de Niterói, São Gonçalo, Duque de Caxias, Nova Iguaçu, Rio das Ostras e Belford Roxo.

Durante o evento, é possível ainda fazer simulações de financiamento e obter a carta de crédito da Caixa em 100 guichês de atendimento do banco. Os financiamentos podem chegar a até 100% do valor de imóveis novos e usados e as taxas de juros variam de 6% a 13,50% ( clique aqui e veja as linhas de crédito que estarão disponíveis ). Cerca de 440 funcionários do banco trabalharão no evento. Quem pretende fechar negócio, não pode deixar de levar carteira de identidade, CPF, comprovante de residência, três últimos contracheques ou extratos bancários (para autônomos) e certidão de nascimento.

Em outras sete cidades, o Feirão Caixa da Casa Própria já atraiu na edição deste ano mais de 350 mil pessoas e movimentou cerca de R$ 3 bilhões em 44 mil negócios. O evento aconteceu em São Paulo, Brasília, Recife, Belo Horizonte, Porto Alegre, Salvador e Uberlândia. Só na capital paulista, foram encaminhados 21,5 mil negócios, totalizando R$ 1,4 bilhão, R$ 100 milhões a mais do que em 2007.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.